Quinta, 17 de outubro de 2019   -     14:40 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Ciro Nogueira enaltece Bolsonaro ao conseguir recursos para Floriano

Correspondente da TV Cidade Verde em Brasília, o jornalista Délio Rocha praticamente comemorou hoje (04) cedo a reaproximação do senador Ciro Nogueira (PP) com o Governo de Jair Bolsonaro (PSL) ao divulgar a liberação de recursos para a cidade de Floriano.

Délio se empolgou de verdade com a volta de Ciro Nogueira aos ministérios em Brasília.

Ciro, por sua vez, botou o presidente Bolsonaro nas alturas.

É certo que o senador manteve indicações na diretoria de revitalização das bacias hidrográficas da Companhia do Vale do São Francisco e Parnaíba (Codevasp) a nível federal e a coordenadoria da mesma Companhia no Piauí.

Desde o início do governo de Bolsonaro, o experiente Ciro vem tentando, mesmo que negue, vez ou outra, cair de vez nas graças do presidente.

EXCLUSIVAS

Na contramão

Nos bastidores, em Brasília, comenta-se que a deputada federal Margarete Coelho prossegue com sua cruzada contra o projeto anticrime do Ministro Sérgio Moro que desmantela o crime organizado e faz tremer às bases do tráfico brasileiro. 

Mais uma conta

O governo estadual de Wellington Dias solicita a aprovação na Assembleia de um novo empréstimo de 1 bi e meio, fatiado em duas parcelas de 750 milhões. 

Quem vai pagar?

Parte do dinheiro deve ser usado para pagamento de dívidas de precatórios dos fazendários.

Vamos pagar, né.

Exemplo ao lado

O prefeito Assis Ramos de Imperatriz do Maranhão começa a construir um shopping para abrigar centenas de vendedores populares, os tradicionais camelôs da cidade.

Bajulador 

Colegas do vereador Levino de Jesus em conversas privadas se referem a ele como bajulador do prefeito Firmino Filho.

Aquele lance

O Antagonista publicou que a dupla Davi Alcolumbre e Renan Calheiros enterrou mais uma tentativa de delimitar o poder absoluto dos ministros do STF.

Vergonha total

Com articulação de Davi e Renan, a PEC que pretendia enquadrar o Supremo, restringindo decisões monocráticas, foi derrotada no Senado.

A proposta de Oriovisto Guimarães, do Podemos, recebeu 38 votos, 11 a menos do que o necessário.

O povo aguenta?

Nesta quarta-feira, os deputados devem dobrar o fundo eleitoral para 2020.

Partidos poderão usar o dinheiro até para pagar advogados de políticos criminosos. 


Dê sua opinião: