Domingo, 12 de julho de 2020   -     12:42 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Ação Criminosa: Hackers atacam e tiram do ar vídeos de médicos e políticos que defendem a hidroxicloroquina

Existe uma grande campanha contra a cloroquina e a hidroxicloroquina no submundo da internet. Organizações criminosas atuam para denunciar e tirar do ar matérias e vídeos de autoridades que fazem menções aos remédios contra o coronavírus no Brasil.

A prova cabal dessa perseguição é que vídeos explicativos dos renomados Médicos Dr. Sabas Vieira, Drª Marina Bucar Barjud e do também médico e senador Marcelo Castro (MDB), personalidades nacionais, por exemplo, foram retirados do ar no canal oficial do Portal Carta Piauí. 

Os vídeos foram excluídos após ataque fulminante de organizações criminosas. O único objetivo destes grupos é censurar vozes na internet e impedir que a sociedade tome conhecimento da eficácia do medicamento contra a doença e diminuição da mortalidade nas fases prescritas por médicos e cientistas do mundo inteiro.

Este Portal começou a investigar movimentos estranhos depois que revelou que leitos de UTIs foram esvaziados com a execução de métodos de um eficiente protocolo usado em Floriano do Piauí, à base de hidroxicloroquina, azitromicina e corticoides, no tratamento precoce dos sintomas do novo coronavírus.

A partir da publicação, o Carta Piauí começou a sofrer ataques diários e chegou a sair do ar por duas vezes na mesma semana. Quando a matéria atingiu 300 mil acessos, supostos sites denunciaram este veículo de comunicação para as Redes Sociais Facebook, Google e YouTube, com acusações de que o conteúdo se tratava de uma "Fake News".

Mesmo com os vídeos oficiais dos profissionais, que sustentam o enunciado da reportagem, com argumentos científicos, os ataques continuaram, sobretudo quando a Ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, resolveu visitar o Piauí para conhecer o protocolo usado também na Espanha.

Veja a íntegra do recente e-mail recebido do YouTube:

Olá Feitosa Costa Piauí.

Como você deve saber, nossas Diretrizes da comunidade descrevem qual conteúdo permitimos - e não - no YouTube. Seu vídeo Exclusivo Carta Piauí: o senador Marcelo Castro fala sobre o sucesso da cloroquina contra o coronavírus foi sinalizado para revisão. Após a revisão, determinamos que ela viola nossas diretrizes e a removemos do YouTube.

Sabemos que isso pode ser decepcionante, mas é importante para nós que o YouTube seja um lugar seguro para todos. Se o conteúdo quebrar nossas regras, nós o removeremos. Se você acha que cometemos um erro, pode recorrer e daremos outra olhada. Continue lendo para mais detalhes.

Dê sua opinião: