Sexta, 20 de setembro de 2019   -     15:38 |
5000onon

Tite passa a mão na cabeça de Neymar e pune jovem que deu drible no craque

Durante os treinos da seleção brasileira na Granja Comary, Neymar levou um rolinho do lateral-direito Weverton, do Cruzeiro, de 19 anos de idade e que ainda joga no sub-20 do clube mineiro, convocado por Tite para ganhar experiência.

Após tomar o drible, o atleta do PSG derrubou o companheiro e a comissão técnica optou por trocar o jovem de time para enfrentar possíveis confrontos entre os dois.

Na edição de ontem (28) do "Futebol na Veia", do ESPN, o camisa 10 voltou a ser tema de discussão.

Na opinião de Zé Elias, a atitude de Neymar e da comissão técnica só reafirma a relação entre as duas partes, com a segunda novamente passando a mão na cabeça do jogador e evitando qualquer problema para o atleta.

"Mais uma vez mostra a incapacidade do Tite de controlar o Neymar. Ao invés de repreender o jogador e dar exemplo, ele pune o garoto do sub-20. Quantas vezes a gente não viu o próprio Neymar fazendo gracinha. […] Isso só mostra que o Tite e a seleção brasileira continuam reféns do Neymar. […] E o menino usou o rolinho como recurso, não como palhaçada, como o próprio Neymar faz algumas vezes", declarou Zé Elias.


Para Mauro Cezar Pereira, a seleção brasileira é refém do jogador do PSG, como se ele fosse o único craque do time.

"A seleção brasileira só mostra cada vez mais que é refém de um jogador, como se fossem todos pernas de pau e só ele soubesse jogar. Como se ele jogasse pelo Turcomenistão!".

Dê sua opinião: