Terça, 23 de julho de 2019   -     12:33 |
5000onon

Palmeiras e Crefisa tratam de detalhes finais para firmar renovação

Palmeiras e Crefisa tratam de detalhes finais para firmar renovação   
 Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Depois de o Corinthians ter firmado o contrato com o banco BMG, o próximo clube a firmar um vínculo deve ser o Palmeiras. O time alviverde e a Crefisa estão na fase final de redação do novo acordo. Atualmente o texto passa pela revisão dos respectivos departamentos jurídicos. A expectativa é de anunciar em breve a parceria por mais três temporadas.

Nas duas partes há a certeza de que a renovação será concretizada. O acordo será com parâmetros similares ao anterior, firmado em fevereiro de 2017, com acréscimos anuais ao valor inicial e um acordo de bônus por títulos. O valor ficará na casa dos R$ 80 milhões, número acima dos R$ 78 milhões pagos em 2018. A Crefisa é parceira do clube desde 2015.

Apesar de o último contrato ter vencido em 31 de dezembro, Palmeiras e Crefisa utilizam uma prorrogação prevista no acordo. Neste mês de janeiro, o clube tem utilizado nos uniformes a marca da empresa, apesar de não se ter um vínculo em vigor no momento. A situação já estava prevista pelas duas partes e não gerou problemas. Inclusive na própria nova camisa do Palmeiras, feita pela Puma, a marca da Crefisa está estampada.

Como essa prorrogação é permitida até o fim de janeiro, clube e patrocinadora terão tempo para concluir a renovação até o dia 31. Mesmo sem terem pressa, as duas partes esperam na próxima semana terem avanços na condução do contrato. Os valores e o acordo haviam sido discutidos com bastante antecedência, ainda no ano passado, em conversas entre os presidentes do Palmeiras, Maurício Galiotte, e da Crefisa, Leila Pereira.

A confiança na renovação não se abalou com a aparição da Blackstar. A empresa sediada em Hong Kong abriu negociação com o clube em dezembro, com a promessa de injetar até R$ 1 bilhão ao longo de dez anos. A negociação levou a Crefisa aguardar o desfecho antes de avançar com o novo vínculo. A candidata a patrocinadora acabou descartada pela diretoria por não apresentar garantias bancárias. Com informações do Estadão Conteúdo.



Fonte: Estadão Conteúdo 

Dê sua opinião: