5000onon

Flu e Flamengo jogam por vaga na final da Taça Rio

 Foto: Reprodução

Fluminense e Flamengo se enfrentam nesta quarta-feira no Maracanã, às 21h30, por uma vaga na decisão da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca. Trata-se de mais um duelo entre dois dos maiores rivais do Rio, mas que vivem momentos completamente diferentes, tanto dentro quanto fora de campo.   

De um lado, um milionário Flamengo que ainda tenta convencer seu torcedor após as contratações impactantes para esta temporada, como Arrascaeta, Gabriel e Bruno Henrique. Do outro, um Fluminense que supera as dificuldades financeiras e tem desempenhado um belo futebol mesmo com um elenco modesto.

Os resultados rubro-negros, porém, são superiores no Estadual. O Flamengo somou 13 pontos na Taça Guanabara e 14 na Taça Rio, o que o coloca com a melhor campanha juntando os dois turnos. Por isso, o time de Abel Braga já está garantido nas semifinais do Carioca, mesmo que seja eliminado pelo Fluminense.

Por isso, existe até a possibilidade de Abel optar por escalar o Flamengo com reservas nesta reta final de Taça Rio, pensando no confronto diante do Peñarol na próxima quarta-feira, pela Copa Libertadores.

O meia Diego, porém, fez mistério na véspera do clássico. "Vestimos uma camisa e queremos vencer a qualquer custo, ser merecedor da vitória. Houve, sim, uma conversa com todos. Claro que a decisão de quem vai jogar vai ser tomada em conjunto. Mas, independentemente disso, temos de ter uma postura agressiva, pois faz parte do Flamengo", declarou o jogador, na terça.

O Fluminense, por outro lado, depende do resultado desta Taça Rio para ir às semifinais do Carioca. Se vencer o segundo turno, a equipe seguirá na disputa, assim como acontecerá se o Flamengo conquistar o título. Somente um novo triunfo do Vasco, como ocorreu na Taça Guanabara, eliminaria o time tricolor precocemente.

Cientes da importância de um bom resultado nesta quarta, os jogadores do Fluminense se mostraram animados. Afinal, venceram este mesmo Flamengo nas semifinais da Taça Guanabara, por 1 a 0, e fizeram jogo duro diante do rival mesmo utilizando os reservas na queda por 3 a 2 do último domingo.

Os próprios atletas tricolores, no entanto, admitiram o favoritismo do rival. "É um clube que contratou jogadores de grande nome, que paga salários altos. É natural entrarem como favoritos. Para nós, não vai mudar nada. Sabemos do valor do nosso trabalho, só esperamos mostrar em campo e ter os resultados", comentou o lateral Gilberto na véspera do confronto.

* Com informações do Estadão Conteúdo.

Dê sua opinião: