Quinta, 19 de setembro de 2019   -     03:18 |
5000onon

Atacante do Vasco revela negociação frustrada com time inglês

 Foto: Divulgação/ Vasco

Mesmo evitando projetar o futuro, o atacante Marrony disse nesta quarta-feira que deve seguir no Vasco. Ele fez a afirmação após revelar que a negociação com o Newcastle, da Inglaterra, não avançou. No entanto, não descartou haver outras propostas para atuar fora do Brasil.  

"Fiquei sabendo de tudo [sobre as negociações]. Tentei focar ao máximo no Vasco. Sei que o meu momento não é o que eu tive no começo do ano. Chegou, sim [proposta do Newcastle], mas todo mundo viu que já não tem mais. Então, é focar no Vasco", declarou o jogador, antes do treino do time carioca, no CT do Almirante.

Marrony não forneceu detalhes sobre a negociação e nem sobre a proposta inglesa. Mas reforçou seu interesse sobre o Newcastle ao afirmar que o time é o seu favorito no futebol inglês.

As propostas pelo atacante, em meio à janela de transferências da Europa, acontecem justamente no momento em que Marrony ganha uma boa sequência pela equipe titular, sob o comando do técnico Vanderlei Luxemburgo. No domingo, contra o CSA, o jogador formado na base vascaína completou a marca de 50 jogos pelo time profissional.

Com Luxemburgo, contudo, ele vem atuando em posição diferente da que se habituou, como centroavante. "Na base, eu já tive a oportunidade de jogar algumas vezes de 9, mas sou ponta de origem, sempre joguei de ponta. A gente tem revezado naquela posição. Às vezes é o Valdívia, no último jogo foi o Bruno César. Se o professor optar por me colocar, eu estou à disposição para ajudar. Vou correr a mesma coisa e lutar, pois comigo não tem essa. Estou sempre disposto a fazer tudo para ajudar o grupo", comentou.

Questionado sobre o VAR, que vem gerando polêmicas no Vasco, Marrony pediu o fim da ferramenta de vídeo. "Se fosse para escolher, na minha opinião, é melhor nem ter. Se tem, é para ajudar. Nos dois jogos, nos deixou sem pontos, tô bastante p.... No nosso grupo falamos bastante. Por mim podia acabar esse VAR", reclamou.

O time carioca atacou o árbitro de vídeo por supostos erros nos jogos contra o Grêmio e o CSA, na rodada passada. Em relação ao duelo com o clube gaúcho, o Vasco chegou a pedir o cancelamento do jogo, rejeitado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

"Como todos estão vendo, em alguns jogos fomos prejudicados pelo VAR. Eu sei que isso não é desculpa, mas estamos buscando e tentando. Não conseguimos vencer ainda, mas vamos conseguir", comentou Marrony, referindo-se ao momento da equipe, que ainda tenta se afastar da zona de rebaixamento. 

* Com informações do Estadão Conteúdo

Dê sua opinião: