Segunda, 13 de julho de 2020   -     21:21 |

Rafa Vitti e Tatá Werneck comemoram três anos juntos

Foto: Reprodução / Instagram

Rafa Vitti, 24, e Tatá Werneck, 36, comemoram nesta segunda-feira (13) três anos de relacionamento, e aproveitaram a data para trocar declarações públicas.

Em seu perfil no Instagram, o ator publicou uma foto do casal com uma legenda em que agradece Tatá por todos os momentos que eles passaram nos últimos anos, especialmente pelo "saldo positivo de uma Clara Maria", a primeira e única filha deles, que nasceu em outubro de 2018.

"Parece pouco, mas muita coisa aconteceu nesses 3 anos e a gente evoluiu juntos e individualmente... 3 anos que aprendemos todos os dias a conviver com nossas diferenças", escreveu Vitti. O ator afirmou ainda que o casal costuma discutir, discordar e brigar, mas que o que mais fazem é "dar risada juntos". "A gente se diverte, brinca, se zoa... e quando isso tá acontecendo eu sempre penso 'poxa, que foda que a gente ainda se diverte juntos com coisas bobas'".  

Ele finalizou dizendo que os dois agora têm "uma missão maior", e agradeceu a ela por compartilhar a vida com ele e pela filha. "Que a gente tenha sabedoria pra aproveitar o melhor de nós e seguirmos juntos", concluiu.

Tatá, por sua vez, publicou uma foto do casal cerca de uma hora depois da publicação de Vitti, relembrando alguns dos momentos mais marcantes na vida de ambos. "Vivo momentos lindos ao seu lado. Me casei. No sofá. Fui pedida em casamento. No banheiro. Morei junto dizendo que não queria morar junto", lembrou.

A apresentadora também falou sobre as críticas que sofreu no início do relacionamento por conta da diferença de idade entre os dois. "Achei meu amor no meio do julgamento dos outros. Que criticavam amar um homem 12 anos mais novo (se fosse o contrário a mulher mais nova seria quase um "troféu") . Achei meu amor no meio de um monte de medo. Achei meu amor porque reconheci nele o que eu mais queria: paz".

Ela reforçou, como Vitti, que o casal "ri o tempo todo", sem deixar de lado o "respeito, amor e admiração"."Às vezes a gente cai no Conto do amor que machuca. Que aprisiona. Que limita. E que faz sofrer. Isso não é amor. É machucado. Prisão. Limitação e sofrimento", continuou. "Meu amor, você sem dúvida é a melhor pessoa com quem eu poderia querer multiplicar minha vida. Que nos multipliquemos por aí. Que deixemos nossa família crescer".

* Com informações da FolhaPress

 

Dê sua opinião: