5000onon

'Greve dos ônibus': sem acordo, classe confirma paralisação por tempo indeterminado

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte do Piauí (Sintetro), Fernando Feijão, confirmou através de um vídeo divulgado nas redes sociais a realização de greve dos motoristas e cobradores de ônibus, que terá início na manhã desta segunda-feira (04/02). 

A greve será de tempo indeterminado, após as negociações não chegarem a um acordo com as empresas e a Prefeitura de Teresina. O presidente do sindicato afirma que os valores do reajuste salarial ofertados não corresponderam aos exigidos pelos profissionais.

"Na tratativa de negociar, não houve acordo. Os patrões sempre colocando a Prefeitura na frente da negociação e a Prefeitura participando, mas sem dar o seu aval. Ficamos à mercê de uma resposta que veio em forma de valores e percentuais que não contemplam a nossa categoria", afirmou.

Segundo o representante, os trabalhadores ainda esperam entrar em um acordo com as empresas e com a Prefeitura. Ele garante que pelo menos 30% da frota de ônibus permanece funcionando durante a greve para minimizar as consequências para os usuários.  




Fonte: 180 Graus 

Dê sua opinião: