Sexta, 19 de agosto de 2022   -     12:04 |
5000onon

Coluna Coluna Feitosa Costa

Wellington Dias e Dr. Pessoa não se entendem sobre as regras de isolamento social

Foto/Internet - Dr. Pessoa - Prefeito de Teresina

Dois decretos relacionados as regras de funcionamento do comércio em menos de uma semana em Teresina e muitas pessoas estão confusas com as decisões.

O primeiro decreto partiu do Governador do Piauí Wellington Dias que pede regras mais rígidas para o setor comercial, além de bares e restaurantes.

O segundo decreto foi assinado pelo Prefeito de Teresina, Dr. Pessoa que flexibilizou o decreto estadual, mas que manteve regras de isolamento social de acordo com as normas da OMS - Organização Mundial de Saúde.

Dr. Pessoa disse que está preocupado com a vida e também com a economia. Wellington Dias também disse que quer preservar vidas.

Estaria havendo um impasse entre Wellington Dias e Dr. Pessoa?

Estaria havendo um "choque" ideológico?

Até mesmo a justiça entrou no caso e manteve o decreto do Governo do Estado.

O que se percebe é que está demonstrada a falta de consenso entre os gestores sobre esse assunto tão delicado que é a pandemia. 

O comércio na capital é bastante movimentado e por isso é pedida atenção das autoridades para que os protocolos de segurança contra a Covid - 19 sejam respeitados.

Dr. Pessoa não criticou publicamente Welinton Dias. O que fica evidente é um certo descontentamento de uma das partes.

Foto/ Internet - Wellington Dias - Governador do Piauí

Em entrevista o vice - prefeito de Teresina, Robert Rios, elogiou Wellington Dias e disse que todos estão preocupados com a vida, o bem maior e criticou quem não está usando máscara.

Até a classe artística foi às ruas de Teresina pedir à flexibilização das regras de isolamento.

A população de Teresina (comerciantes) devem seguir qual dos dois decretos? Fica a dúvida com tantas mudanças, tantas indecisões.

Quem tem mais razão nesse momento? Eu não sei. Mais existe a possibilidade sim de combatermos à Covid - 19 com o avanço da economia, o fortalecimento do comércio e o combate ao desemprego.

As pessoas também precisam ter mais consciência e respeitar as normas de saúde.

Leia o que disse a Prefeitura de Teresina:

A prefeitura de Teresina publicou nesta sexta-feira (29) decreto municipal que dispõe sobre as medidas sanitárias para enfrentamento à pandemia de coronavírus na capital piauiense. O decreto tem validade até o dia 21 de fevereiro deste ano.

A legislação adequa o decreto do governo do Estado publicado na última terça-feira (26) às necessidades da cidade de Teresina. De acordo com o texto assinado pelo prefeito doutor Pessoa, o comércio em geral, como lojas e shoppings poderão funcionar por até nove horas diárias, por livre escolha de cada segmento empresarial, devendo cada estabelecimento informar à Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) de sua região, o horário de funcionamento, bem como afixar e divulgar em local visível.

No que se refere ao funcionamento dos bares e restaurantes, o texto permite a execução de música com som mecânico ou executada por banda ao vivo. Contudo, o texto não permite a prática da dança nesses locais. O objetivo da vedação é inibir aglomerações. Casas de shows e boates estão com as atividades suspensas.

Eventos privados, como serviços de buffet, têm o funcionamento garantido, desde que respeitem as medidas apontadas no decreto. A legislação também veda a realização de festas carnavalescas na cidade durante o período.

A fiscalização do cumprimento das medidas impostas ficará a cargo das respectivas SDUs e da vigilância sanitária. O descumprimento das normas pode resultar na aplicação de multa e até cassação do alvará de funcionamento do estabelecimento.

Veja o decreto do Governo do Piauí

Dê sua opinião: