Quinta, 01 de outubro de 2020   -     16:52 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Comerciante assassinada: Núcleo de Feminicídio vai investigar a morte de Silvana Oliveira - atacada com uma tesoura

Silvana Oliveira - Vítima

Foi enterrado ontem, 02 de agosto, no Cemitério Santa  Cruz, bairro Promorar, zona sul de Teresina, o corpo da comerciante Silvana Oliveira Lima de 35 anos.

Silvana foi morta a golpes de tesoura dentro de uma loja no Centro da capital.

O ataque aconteceu na última quinta-feira, 30 de julho.

Segundo informações no estabelecimento comercial estavam a vítima, a acusada e mais outras duas pessoas, todas funcionárias da loja.

De acordo com as testemunhas Silvana estava na loja e teria sido puxada pela suspeita para dentro de uma sala. Lá, ela recebeu os golpes.

A vítima teve várias lesões nas costas, chegou a ser socorrida e levada para o HUT-Hospital de Urgência de Teresina onde passou dois dias internada e não resistiu.

A suspeita de ter assassinado Silvana é uma das funcionárias da loja, de 49 anos, que foi presa em flagrante.

Após ser presa a suspeita teria dito que precisava mata-la e não e deixou claro o motivo.

O DHPP-Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa está na investigação.

O coordenador do DHPP, delegado Francisco Costa, " O Baretta", determinou que o Núcleo de Feminicídio acompanhe a investigação.

A família da vítima está chocada e disseram ao jornalista Felipe Reis que jamais esperavam à violência.

A família de Silvana também disse que ela nunca havia falado sobre desavenças ou ameaça no local de trabalho ou em qualquer outro ambiente.

Todos querem justiça e à condenação máxima da acusada.

Silvana era muito querida por todos e deixa três irmãos, mãe, duas filhas e amigos.

Dê sua opinião: