Terça, 26 de outubro de 2021   -     00:35 |

Coluna Coluna Feitosa Costa

Médico Dr.Darllan Barros esclarece e tira dúvidas sobre a covid-19, Veja a Entrevista

No Início da semana nossa equipe de reportagem (Folha da região Noticias) entrou em contato com o conhecido e popular médico Dr.Darllan Barros, médico do Parnahyba Sport Clube e bem conhecido em toda a planície litorânea, atende em diversos lugares e em diversas cidades da região e aceitou falar com nossa equipe de reportagem, disse que está aberto a qualquer dúvida e recentemente aceitou o desafio de estar dirigindo o Hospital de Campanha em Parnaíba o Hospital Nossa Senhora de Fátima.

01. Folha da Região Noticiais: Dr. Darllan circula em grupos de conversa na cidade, que a Médica Renata Beltrão não tem um bom relacionamento com a equipe do Hospital de campanha e a mesma não se dava com a atual secretária, isso procede ?

Dr. Darllan: " Dr.Renata é muito querida dentro da equipe e ela tem um grande papel nesta luta, ela faz um bom trabalho e nesses próximos dias ela (Renata) vai intensificar mais ainda suas atividades no hospital".

02. Folha da Região Noticiais: Hoje o Hospital de Campanha em Parnaíba funciona apenas como testes para a covid-19 ? como é de fato o trabalho no hospital de Campanha em Parnaíba?

Dr. Darllan: " Hoje o Hospital de Campanha é uma grande realidade, já está funcionando com pacientes internados em leitos clínicos e UTI, estamos funcionando normalmente".

03. Folha da Região Noticias:Dr.Darllan recentemente foi denunciado em alguns blogs e portais que a existência do hospital de campanha em Parnaíba o Nossa Senhora de Fátima ser uma manobra da gestão e que nada funcionava por lá e também fotos circulando sobre diversas pessoas na frente do Hospital sem atendimento, procede?

Dr. Darllan:" O Hospital de Campanha é uma grande realidade, estamos funcionando, atendendo muita gente todos os dias e recuperando pessoas. Em relação as pessoas na frente do Hospital, nossa equipe distribuí 30 senhas pelo período da manhã e 30 senhas no período da tarde, alertamos a todos que o Hospital de Campanha não é hospital de urgência e nem de especulações, não adianta ir para frente do hospital pedir informação ou tentar um atendimento, é necessário ter o encaminhamento e ser paciente positivo para o novo coronavírus, lá só trabalhamos com covid-19 e ainda positivo, pois tem que estar confirmado, então não adianta ir para frente do hospital, aproveitamos e pedimos que não vão ao Hospital de Campanha se não estiver em mãos o encaminhamento".

04. Folha da Região Noticias: Quantos exames são realizados no Hospital de Campanha em Parnaíba?

Dr. Darllan: " São realizados em media 150 testes por dia, porque além das pessoas que recebem as senhas, tem os profissionais de saúde que fazem o teste, tem os militares e todas as pessoas que também tem prioridade ao teste, então todos os dias fazemos 150 testes no Hospital de Campanha".

05. Folha da Região Noticias: O que o cidadão precisa hoje fazer para receber atendimento no Hospital de Campanha? "

Dr. Darllan: "É necessário ser notificado, ser confirmado positivo para Covid-19, não atendemos suspeitas, não atendemos quadros gripais, só atendemos pessoas notificados e positivadas para covid-19 ou seja só trabalhamos com pessoas com Covid positiva"

06. Folha da Região Noticias: O Senhor acredita que a cidade de Parnaíba entra em colapso na saúde mesmo com a chegada dos respiradores no Hospital de Campanha e funcionando não ajuda?

Dr. Darllan: " Estivemos muito perto sim do colapso, gravei diversos áudios alertando a população, tanto eu (Dr.Darllan) como a Drª Renata Beltrão, agente alertava e fazia um cálculo que se 400 ou 500 pessoas da população e do grupo de risco precisasse do sistema de saúde, agente teria sim o colapso tendo em vista que não teríamos condições de atender toda essa quantidade de pessoas, temos nossos leitos limitados e agente temia que isso acontece, mais graças a Deus isso não aconteceu no inicio. Estamos tendo um crescimento agora mais com a chegada do Hospital de Campanha graças a Deus veio pra ajudar e muito a população e se Deus quiser vem aí a Pro - Médica e vai ajudar ainda mais a nossa população" .

07. Folha da Região Noticias: Hoje qual é o protocolo usado no Hospital de Campanha em Parnaíba? Está sendo utilizado o uso da Cloroquina, Azitromicina e o Zinco?

Dr. Darllan: " Sim estamos usando o protocolo da cloroquina,azitromicina e o zinco, mais também estamos usando outros protocolos como a Pulsoterapia que é com uso de corticoide e agente deixou muito aberto aos colegas para utilizar outros protocolos, não temos nenhuma comprovação científica do medicamento eficaz mais é o que temos em estudo e o protocolo foi institucionalizado por diversos hospitais e não iremos deixar ninguém morrer, vamos usar todas as ferramentas que temos na mão e salvar vidas, sabemos que existe muita política em cima de tudo isso mas iremos testar e iremos salvar vidas".

08. Folha da Região Noticias: Hoje uma pessoa contaminada com o vírus do novo coronavírus e utilizando o protocolo da Cloroquina qual a chance de cura desse paciente?

Dr. Darllan: " Não podemos afirmar qual % de cura dos pacientes fazendo uso dos protocolos, porque não temos uma comprovação científica da cura, mais a própria OMS já suspendeu os estudos e agora retornou os estudos, é muito complicado essa questão de estudos científicos é igual o estudo de vacina,demorado e complexo, até hoje não temos uma vacina, mais afirmar se cura ou não, não temos essa comprovação científica".

09. Folha da Região Noticias: Estamos no pico da doença no município de Parnaíba?

Dr. Darllan: " É o que está acontecendo agora os números aumentando diariamente, os números estavam sob - notificados e depois dos teste no sistema publico e também do sistema privado os casos tem aumentado, o setor privado ajudou bastante na notificação dos casos e já era esperado devido termos uma população de quase 200 mil pessoas e antes estes casos não estavam sendo notificados e hoje com ajuda dos dois setores tivemos esse pico, mais torcemos agora para queda do pico ".

10. Folha da Região Noticias: Quando o senhor acha que Parnaíba terá uma queda do pico e poderá respirar um pouco de tudo isso ?

Dr. Darllan: " Acreditamos que no inicio do mês de julho comece a cair os casos, uma vez que a população já está em contato com vírus e estão sendo notificados tanto pelo setor público como privado, a população está tendo acesso e acreditamos em uma tranquilizada nesse período".

11. Folha da Região Noticias: Quando Parnaíba voltará ao normal ?

Dr. Darllan: " Na realidade eu acho que Parnaíba nunca saiu de sua normalidade, as pessoas estão nas ruas e indo trabalhar, agora eu só peço muita coerência das pessoas de se proteger e se cuidar, euestou aí trabalhando na linha de frente há quase uns 4 meses e nunca senti nenhum dos sintomas e nem diagnosticado com vírus porque estou sabendo usar a minha técnica e pericia de proteção, é o que as pessoas deveriam fazer porque todo mundo hoje tem seu conhecimento e a informação é universal e em tempo real, então não se justifica as pessoas estarem sendo contaminadas uma vez que sabem como se faz pra se proteger e não se contaminar".

12. Folha da Região Noticias: Quando teremos uma vacina para a doença disponível para a população?

Dr. Darllan:" Eu acredito que a vacina vai sair logo, na realidade conversamos com o mundo inteiro e com cientistas, sabemos que em menos de um ano é impossível de termos uma vacina mais eu acredito e fico na torcida para que em novembro podemos ter essa vacina apresentada ao mundo".

13. Folha da Região Noticias: O senhor é a favor da reabertura do comercio em Parnaíba e é possível de forma responsável?

Dr. Darllan: " Eu sou sim a favor da reabertura do comercio utilizando o protocolo aí já anunciado de forma responsável, como já disse a informação hoje é universal e em tempo real então não existe essa questão da pessoa dizer que não sabia como agir, todos sabem o que fazer uso da máscara,álcool em gel e distanciamento das pessoas e recomendações aí já conhecidas há mais de 100 anos quando tivemos a gripe espanhola.

14. Folha da Região Noticias: Hoje uma pessoa que contrair o vírus do novo coronavírus, essa pessoa tem que entrar em pânico?

Dr. Darllan: " Não! nem todo mundo que tem Covid tem sintomas, de 100 pessoas contaminadas 80 % delas nada vai sentir, não é porque uma pessoa é diagnosticada com covid-19 que essa pessoa vai passar mal ou vai ser preciso ser internada, intubada, não gente as pessoas tem que parar com isso, parar com esse pânico todo, 80% das pessoas serão assintomáticas e nem vai saber que estar com covid-19, as pessoas pode perguntar há doutor eu tenho pessoa idosa em casa, pessoas de risco, sim eu também tenho pessoas idosas e da área de risco em casa, porém eu tomo todos os cuidados necessários para me proteger e proteger minha família, o povo tem que ler mais sobre as informações, o problema é que nós não gostamos muito de ler, temos que ler e buscar tirar nossas dúvidas".

5. Folha da Região Noticias: Com funcionamento Hospital de Campanha e HEDA e ainda mais com a abertura da Pro - Médica não suficiente para suprir toda demanda de Parnaíba e sim evitar o colapso da saúde em Parnaíba?

Dr. Darllan: " Mesmo com os 3 hospitais trabalhando em conjunto se a população não tiver consciência e coerência não teremos leitos suficientes para todos porque os números contabilizados de pessoas que estão aí no grupo de risco hoje contam com 400 à 500 pessoas, se essas 500 pessoas começarem a adoecer e apresentar os sintomas agente não tem como atender esse número de pessoas então pedimos a população que se cuide e que tome todas as medidas de seguranças já recomendadas para não termos problemas, hoje está tudo tranquilo e com a abertura do Hospital Pro - Médica vai aliviar bastante o Dirceu e com o Hospital de Campanha que hoje já temos pacientes internados também desafoga muito o HEDA, os três Hospitais de Parnaíba trabalhando em conjunto para o bem de todos".

16. Folha da Região Noticias: Já que a orientação é não ir ao Hospital de Campanha quando sentir algum sintoma, para onde está pessoa deve ir, onde deve buscar ajuda?

Dr. Darllan: " Quando uma pessoa sentir algum sintoma que seja parecido com o do novo coronavírus está pessoa tem que ir aos postos de saúde espalhados pela cidade de Parnaíba, hoje com 44 postos de saúde na cidade, Pronto Socorro Municipal e o Pronto Socorro do Hospital Dirceu (HEDA), as pessoas devem ir a esses lugares para ser avaliados por profissionais de saúde".

17. Folha da Região Noticias: No inicio da doença no mundo e no Brasil as autoridades defendiam o isolamento social e que as máscaras era apenas para as pessoas que estivessem com alguma doença respiratória e hoje a recomendação é que todas as pessoas utilizem máscaras, o senhor não acha que é muita informação e as pessoas passam a ficar confusas nas recomendações ?

Dr. Darllan: " Olhe na realidade as pessoas que eram pra usar máscaras é as pessoas que estavam contaminadas justamente para não contaminar mais pessoas, só que saímos de padrão hoje e não sabemos quem está contaminado e quem não está, porque como já falamos 80% das pessoas não vai apresentar sintomas e as pessoas são muito teimosas e elas não param, o vírus não tem pé né, quem leva o vírus são as pessoas então por isso que foi recomendado que todos usem máscaras porque ninguém mais sabe quem está com vírus, as pessoas não obedecem a questão do isolamento social e muita das vezes é preciso sair pra trabalhar e quando volta pra casa contamina todo mundo dentro de casa, agente teve uma parte aí do gráfico que a grande maioria das pessoas contaminadas são aquelas pessoas de baixa renda que estão na rua buscando trabalhar, são pessoas que moram em bairros da periferia da cidade que as casas são pequenas e poucos cômodos e bastante pessoas juntas, crianças, idosas, então agente viu esse perfil aí e o que temos que fazer é se proteger usar o gel, a máscara se for preciso sair de casa tomar banho ao chegar em casa, higienizar as roupas e calçados para evitar a contaminação em massa".

18. Folha da Região Noticias: O senhor acredita que toda a população vai pegar coronavírus?

Dr. Darllan: " Sim eu acredito que sim, por se tratar de um vírus se a pessoa não for contaminado dessa vez, mais o vírus continuará circulando entre nós pra sempre, então no decorrer da vida alguém vai pegar coronavírus, como pegou dengue, H1N1, Pneumonia, então acho difícil a população não se contaminar pelo menos 1 vez na vida com esse coronavírus ".

19. Folha da Região Noticias: Qual a recomendação o senhor deixa para toda a população Parnaibana?

Dr. Darllan: " As pessoas tem as informações corretas a mais de 100 anos com a gripe espanhola, já se adotou na época os mesmos ensinamentos que estamos passando hoje sobre a higienização do distanciamento das pessoas de 2 metros, do uso das máscaras, na realidade o conceito que estamos tentando passar para a população hoje já existe em vigor a mais de 100 anos e que foi esquecido pela população em geral aí foi preciso surgir novamente um vírus para podemos ter noção de como se proteger que na realidade todos nós já sabia, como estou dizendo é algo que já vinha sido recomendado em décadas passadas com a grande contaminação da gripe espanhola, eu acredito que agora o mundo possa aprender as noções básicas de higiene pessoal e colocar na cabeça que este vírus vai passar mais existem outros vírus e bactérias que precisam viver né, eles (vírus e bactérias) precisam de nós porque somos hospedeiros deles para se multiplicarem, vai passar o coronavírus e devemos continuar com as mesmas recomendações de higienização será que as pessoas não vão aprender com tudo isso que estamos passando".

Nossa equipe de reportagem agradeceu ao renomado Médico Dr.Darllan Barros atualmente Diretor do Hospital de Campanha e médico do Parnahyba sport Clube, que está na linha de frente desde o início da doença e vem se dedicando de segunda à segunda para o bem maior de todos, aceitou o desafio de dirigir o Hospital de Campanha e faz uma administração implacável a frente da unidade, os hospitais recebem muitas críticas diariamente, seja do Estado ou Município, mais as pessoas devem pensar um pouco antes de criticar ou publicar algo porque por trás de uma instituição seja ela da situação ou oposição tem pais de família, tem seres humanos que largam suas famílias para cuidar das nossas e quando criticamos uma instituição de saúde estamos não só apenas criticando o governante daquela unidade, mais todo o corpo médico que ali esta dando o seu melhor, que vai do zelador ao diretor do hospital, antes de publicar e criticar vamos orar por todos os profissionais de saúde e ser muito grato a eles por tudo que estão fazendo, vamos aplaudir esses heróis que são usados por Deus para salvar vidas e depois que tudo isso passar fazemos politicagem e escolheremos nossos representantes, mais o momento é de se unir e juntos vencer essa praga.

Dê sua opinião: