Segunda, 30 de novembro de 2020   -     17:36 |

Ciro Nogueira mostra fraqueza no interior e já fala em possíveis substitutos para disputar o governo do Piauí

O senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Partido Progressistas, começa a recuar da ideia de disputar o cargo de governador do Piauí. O parlamentar mudou o discurso depois de percorrer o Estado fazendo pré-campanha eleitoral para os candidatos a prefeito de sua base aliada.

Desde que rompeu politicamente com o governador Wellington Dias (PT), Ciro vinha declarando, publicamente, que tinha pretensões de disputar o cargo do executivo piauiense, inclusive, usando o nome do presidente Jair Messias Bolsonaro, como o seu possível grande apoiador. 

Neste cenário, o senador mudou o tom de fala e investiu maciçamente em viagens pelo interior, fazendo visitas às lideranças municipais e tecendo duras críticas ao seu ex-companheiro, Wellington Dias. 

Agora, diante de incertezas e falta de popularidade, Ciro ponta nomes que possam representar o Progressistas na corrida de 2022. Ao Portal GP1, citou que Firmino, Elmano Férrer, Átila Lira, Margarete Coelho e até sua ex-esposa, Iracema Portella, pode ser lançada para enfrentar o candidato do Partido dos Trabalhadores (PT).

Dê sua opinião: