5000onon

SENAI entrega de certificados aos alunos do curso Montador de Placa Fotovoltaica

 

No último dia 15 de dezembro, o Serviço Nacional da Indústria do Piauí (SENAI PI), realizou entrega de certificados aos alunos do curso de Aperfeiçoamento em Montador de Placa Fotovoltaica, de carga horária de 80h. Na ocasião, 20 participantes advindos de empresas do ramo energético, que produzem energias renováveis receberam certificados.

O curso foi realizado no CFP Cândido Athayde e faz parte de projeto do SEBRAE-PI, que apoia 20 microempresas do segmento de energia. Para o aluno Leonardo Silva, a capacitação superou as suas expectativas. “Foi excelente, aprendi mais e compartilhei conhecimentos quem serão utilizados na minha profissão. Muito proveitoso esse curso do SENAI”, ressaltou.

“No Piauí, a energia solar é uma área de bastante ascensão no mercado e tem intensa procura por cursos na área”, explica Mirna Vaz da Rocha, Gerente do Serviço de Apoio às Micros e Pequenas Empresas do Piauí (SEBRAE-PI). Para ela, o curso é de suma importância, já que prepara o técnico para ser capaz de diferenciar os tipos de tecnologias de geração de energia elétrica através do aproveitamento do recurso solar.

Segundo Heline Melo, gerente do CFP Cândido Athayde – unidade operacional do SENAI-PI, onde o curso foi realizado, a capacitação ofereceu conhecimentos básicos sobre a instalação e funcionamento de sistema solar fotovoltaico e os passos necessários para se ter esse tipo de geração de energia em uma micro ou pequena empresa.

“As aulas presenciais serviram para que os alunos não só aprendessem na teoria sobre o funcionamento da energia solar fotovoltaica, como também durante as aulas práticas a montagem dos equipamentos”, disse o instrutor do SENAI, Francisco Henrique..

O gestor do projeto de energia solar do SEBRAE, Robson Antonio, louvou a parceria com o SENAI afirmando que a instituição é uma referência nacional em cursos de aperfeiçoamento e qualificação profissional. “Com isso buscamos a parceria com o SENAI para prestar a capacitação para as empresas que fazem parte do projeto”, afirmou.

Jânio Holanda – ASCOM/FIEPI


Dê sua opinião: