5000onon

Pai e madrasta de Isabella Nardoni pedem redução de pena

Pai e madrasta de Isabella Nardoni pedem redução de pena 
   Foto: Reuters / Adriano Machado

A defesa de Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, pai e madrasta da menina Isabella Nardoni, assassinada em março de 2008, pediram redução de pena em um habeas corpus enviado ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Como divulgado pela Band, os advogados alegam que a repercussão do caso e a comoção nacional influenciaram na sentença proferida pelo juiz Maurício Fossen. Segundo a defesa, a condenação foi "exorbitante e desproporcional".

O documento assinado pelo advogado Roberto Podval compara a decisão com outros casos como o de Suzane Von Richtofen, Pimenta Neves, Elize Matsunaga e Gil Rugai. Podval afirma que o casal, assim como as pessoas citadas, foi vítima do assédio da imprensa.

Alexandre Nardoni está preso em Tremembé, no interior de São Paulo. Ele foi condenado a 31 anos e 1 mês de prisão. O Tribunal de Justiça (TJ) já reduziu a pena para 30 anos e 2 meses.

Anna Carolina Jatobá pegou 26 anos e 8 meses e está no regime semiaberto, podendo trabalhar de dia e dormir na penitenciária, desde julho de 2017.

A denúncia do Ministério Público afirma que Isabella Nardoni, que tinha 5 anos na época, foi esganada e jogada do 6º andar de um prédio na Zona Norte de São Paulo. O crime aconteceu no dia 29 de março de 2008.



Fonte: Notícias ao Minuto 

Dê sua opinião: