5000onon

FMS confirma a quarta morte por Influenza H1N1

H1N1 
 Foto: Dicas de Mulher  

A Fundação Municipal de Saúde confirmou nesta terça-feira (22), a quarta morte e 62 casos da Influenza H1N1, de janeiro a maio deste ano em Teresina. A quarta morte foi de um adolescente de 13 anos, que deu entrada no Hospital do Satélite e foi transferido para o Instituto de Doenças Tropicais Natan Portela, no Centro da capita, onde o paciente veio a óbito. 

O motorista de iniciais F.L.S foi a primeira vítima da doença. Um senhora de 50 anos, era diabética, cardiopata e pneumopata foi a segunda a falecer com a doença. O terceiro óbito foi de mulher de 38 anos, asmática e fumante. 

A FMS também revelou que todo o estoque da vacina contra H1N1 foi distribuído nas mais de 100 salas de vacina da capital na última sexta-feira. Em sete lotes de entrega por parte do Ministério da Saúde, foram distribuídas 213 mil doses na cidade. 

A FMS aguarda respostas do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde sobre a chegada de mais algum lote residual de vacinas. 

 Sesapi  

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) confirma 37 casos de influenza H1N1, sendo que quatro evoluíram para óbito. Os dados foram apresentados nesta terça-feira (22), pela Diretoria de Vigilância e Atenção à Saúde. 

Os casos de Influenza H1N1 estão inseridos no perfil epidemiológico da síndrome respiratória aguda grave (Srag), que totalizaram 219 casos notificados, sendo: 

- 37 casos confirmados com Influenza H1N1 

- 6 por adenovírus; 

- 23 por metapneumovírus; 

- 3 por parainfluenza 1; 

- 45 não especificada; 

- 88 em investigação. 

Dos 219 casos de Srag, foram notificados 17 óbitos: sendo nove por causa não especificada; dois por metapneumovírus; quatro para H1N1 e um ainda estão em investigação. 

A Secretaria de Estado da Saúde já disponibilizou 20.500 unidades de Tamiflu para rede pública estadual e municipal para a assistência aos pacientes da síndrome respiratória aguda grave.
 Imunização
 Até agora, cerca de 340 mil piauienses foram imunizados contra influenza, representando 49,13 % da população alvo da campanha. 

O Ministério da Saúde enviou ao Piauí todas as 816 mil doses da vacina previstas para o Estado, que já foram redistribuídas integralmente aos municípios.
 A campanha segue até o dia 1º de junho, com a meta de vacinar 800 mil piauienses prioritariamente dos grupos: 

- indivíduos com 60 anos ou mais de idade; 

- crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias); 

- gestantes e puérperas; 

- trabalhadores da saúde; 

- povos indígenas; 

- grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; 

- professores das escolas públicas e privadas; 

- adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; 

- população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional. 




Fonte: Sesapi

Dê sua opinião: