5000onon

Wellington e Themístocles negam rompimento do MDB

Governador Wellington Dias com Themístocles Filho no Palácio de Karnak 
 Foto: Jorge Bastos/PK

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), garante que é excelente a relação com os partidos da base governista e que nunca foi ventilada a hipótese de um “rompimento” do MDB, depois que vazou a informação de um encontro reservado com o presidente da Assembleia Legislativa, Themístocles Filho, e com o deputado federal Marcelo Castro, presidente do MDB no Piauí. 

Segundo Wellington Dias, não há nenhuma ameaça nesse sentido, muito pelo contrário. “Há maturidade e um bom entendimento”, garante. "O que posso dizer para o MDB e outros partidos é que quero trabalhar nessa perspectiva de termos a unidade e organização de chapa estadual e federal por conta das regras. As regras asseguram que quem possui a maior acumulação de voto tem a condição de ganhar as vagas de sobra como são colocadas. Quero dizer aos partidos que vou defender o for melhor para o time. Como um técnico de futebol que tem que encaixar todas as peças”, avisou. 

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, deputado Themístocles Filho também esteve presente à solenidade de posse do presidente do Tribunal de Justiça, Erivan Lopes, no plenário do TJ-PI, na manhã desta sexta-feira 91º/6). E desconversou sobre o encontro com Wellington Dias e o deputado federal Marcelo Castro. 

“Toda semana eu converso com o governador, não é novidade do deputado Themístocles conversar com ele”, minimizou o presidente. Questionado se havia alguma possibilidade de rompimento com o governo, Thermístocles Filho rebateu: “vocês ouviram isso do deputado Themístocles Filho? Se ouviram eu falando aí apostem. Já disse que eu converso com o governador, com deputados do PT, todas as semanas”, repetiu, sugerindo aos jornalistas que questionem o governador sobre a questão do vice-governador, pois é Wellington Dias quem vai decidir sobre o assunto. 


Fonte: Paulo Pincel 

Dê sua opinião: