Robert Rios lamenta filas do SUS e faz críticas a Michel Temer

 
 Deputado Robert Rios  Foto: Reprodução 



O deputado Robert Rios (PDT), depois de um breve afastamento por motivos de saúde, voltou hoje (4) as suas atividades. Na sessão desta segunda-feira parlamentar discursou sobre a situação da saúde pública no Brasil. “Agradeço aos votos de restabelecimento, mas repudio algumas manifestações de redes sociais e afirmar que eu não fui a são Paulo tratar minha saúde por conta da Assembléia,  nem por conta do povo do Piauí, eu tenho um plano de saúde”, afirmou.  

Robert lembrou que a Casa havia acabado de autorizar a viagem do governador para tratar a saúde de sua família que nós sabemos que é grave e criticou a demora do atendimento nas filas do Sistema Único de Saúde (SUS).  “Eu não poderia fugir desse tema que um pesquisa feita mostrou que quase 1 milhão de brasileiros está aguardando pelo SUS uma cirurgia eletiva pela demora o cálculo é de 12 anos de espera”, acrescentou o deputado.

O parlamentar disse que voltou de São Paulo impressionado com o fato de que naquela cidade se consegue mais caminhar nas calçadas, porque as ruas estão tomadas por moradores de rua.  “De repente os brasileiros que já eram pobres ficaram miseráveis crianças recém nascidas morando nas ruas”, lamentou.

 Michel Temer  -  Robert, que é líder da oposição aproveito o  momento para tecer críticas ao presidente da República Michel Temer (PMDB) que segundo o parlamente apenas se preocupa com política. “O que mais me intriga é que toda vez que ligo TV e vejo portal eu vejo o presidente Temer tratar da política nunca liguei a TV pra ver o presidente falando do problema da saúde reunindo as lideranças pra falar dos problemas só de política”, acrescentou.

Segundo o deputado nenhum líder político avisou ao presidente da miséria do povo. E apesar de os índices de economia melhorando, as pessoas estão nas calçadas e não conseguem mais pagar suas contas de energia porque o país tem a energia mais cara do mundo.  Também criticou a a privatização da Eletrobras,  afirmando que o Brasil está desacelerado e o presidente excessivamente preocupado com política.

O deputado Dr. Pessoa corroborou com a afirmação do orador de que o SUS é o melhor programa de saúde do mundo. “Vossa excelência mostrou aí que tem conhecimento também na saúde. Se nós fizermos uma comparação com a França ou Canadá esses países investem 10% do seu PIB e aqui é só 4% e só formos ver esse dinheiro é desviado quando chega para ser usado pelo povo o dinheiro fica deste tantinho”, afirmou o deputado Dr. Pessoa. O parlamentar disse que tem recebido pessoas em seu gabinete que esperam há mais de seis meses por uma cirurgia e ele tem aconselhado aos pacientes que judicializem seu atendimento. Dr. Pessoa criticou o sistema de regulação do sistema que segundo ele faz com que pessoas morram nas filas porque às vezes as patologias não se manifestam. Além do presidente o deputado disse que os salários dos deputados estaduais, federais , senadores e servidores públicos que recebem super salários devem ser repensados enquanto a população sofre.

 

 

 

 

Katya D'Angelles
 Edição Paulo Pincel  
Fonte: Paulo Pincel 

Dê sua opinião: