Dudu já tem sete das dez assinaturas para CPI dos Ônibus

Vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT) 
 Foto: Divulgação

O vereador Edilberto Borges, o Dudu (PT), propôs nesta quarta-feira (6), na Câmara Municipal. a criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o valor da passagem do transporte público de Teresina. O requerimento do vereador petista já conta com 7 das 10 assinaturas necessárias para instalação da CPI. 

“O transporte público de Teresina além de ruim é caro, um dos mais caros do país se compararmos os percursos e isso afeta toda a população. Precisamos saber qual o real valor da passagem, pois Teresina é uma cidade com três valores de passagem, os empresários pedem R$ 4,10, o Conselho de Transporte sugere R$ 3,70 e a Prefeitura aprovou R$ 3,60 e o Setut recebeu só em 2016, mais de R$ 13 milhões reais de subsídios para as passagens e segundo o próprio Sindicato, ainda deve receber mais de R$ 15 milhões referentes ao ano de 2017. Por isso, nós estamos propondo a CPI, para que possamos discutir com a sociedade essa questão ”, afirmou Dudu. 

Outro ponto abordado pelo vereador durante o seu pronunciamento na plenária nesta quarta, 7, foi a ação impetrada pelo Partido Social Cristão (PSL) que pede a anulação da eleição da Mesa Diretora da CMT realizada em novembro. Segundo a ação, o processo feriu os princípios da legalidade, moralidade e publicidade e, portanto, deve se tornar sem valor. Para Dudu, essa é mais uma estratégia da Prefeitura para influenciar nas decisões daquela Casa. 

“Nós seguimos tudo o que manda o regimento desta Casa na hora de realizar essa eleição. O requerimento que solicitava a eleição foi inclusive aprovado com a maioria dos votos aqui na Câmara e agora querem anular o processo. O que vemos aqui é mais uma tentativa real de interferência do Prefeito nas nossas decisões e nós não vamos aceitar, pois somos um poder livre e capacitado pelo povo, pelo voto, para realizar nosso trabalho. O presidente Jeová foi eleito com 17 votos válidos, seguindo todo o trâmite legal dessa Casa, quem não votou e hoje alega que não participou do processo, não votou porque não veio, tentou esvaziar a sessão”, finalizou Dudu. 

Proposta de CPI já tem sete assinaturas
 Proposta de CPI já tem sete assinaturas [Foto: Assessoria parlamentar] 




Fonte: Assessoria 

Dê sua opinião: