5000onon

Deputados da oposição reagem às críticas do deputado Marcelo Castro

Os deputados da oposição reagiram às declarações do deputado federal Marcelo Castro (MDB) de que parlamentares oposicionistas estariam trabalhando contra o Piauí. Marcelo se referia às denúncias da oposição de possíveis irregularidades na aplicação da primeira parcela de empréstimos de R$ 600 milhões, contraídos pelo estado junto à Caixa Econômica Federal.

Em postagem nas redes sociais, Marcelo disse ser uma vergonha a postura de alguns parlamentares piauienses. “Quem está na oposição deve fiscalizar e ajudar a governar. Mas, o que vemos hoje é estranhíssimo e reprovável. Não sou palmatória do mundo nem quero ser exemplo para ninguém, mas trabalharem dia e noite para prejudicar o Estado, para se darem bem? Pelo amor de Deus. É uma vergonha, um constrangimento o que acontece no Piauí. Políticos trabalhando dia e noite para que o empréstimo não saia para prejudicar o Estado”, declarou.

O líder da oposição na Assembleia Legislativa, deputado Robert Rios, reagiu às acusações e disse que Marcelo teria interesses pessoais para que a liberação do empréstimo ocorra.

“O Marcelo Castro tem vaga garantida na chapa do governo tanto para vice quanto para governador. Não precisa puxar o saco do governador. Na primeira parcela do empréstimo, a ponte da cidade de Dom Inocêncio foi acrescida 25% e repassada naquele empréstimo R$ 9 milhões para a Jurema, empresa do deputado Marcelo e sua família. Um dos  maiores credores do estado é a Jurema. Sabemos que o Marcelo está ávido que saia esse dinheiro e a família possa receber o empréstimo”, disse.

 
Foto: Roberta Aline/CidadeVerde.com

O deputado tucano Marden  Menezes também reagiu à declaração de Marcelo Castro. “O deputado Marcelo poderia mostrar onde estão as obras que teoricamente deveriam ser feitas com o dinheiro da primeira parcela. A oposição denuncia porque o dinheiro sumiu e as obras não saíram do papel. Se ele tiver essa lista deveria mostrar para a sociedade”, afirmou.  Lídia Brito



[email protected]
Fonte: CidadeVerde.com 

Dê sua opinião: