5000onon

Câmara de Teresina nega pedido para SETUT apresentar pagamentos de subsídios da Prefeitura

Resultado de imagem para vereador dudu 
 Vereador do Dudu (Foto: Reprodução)

A Câmara de Vereadores de Teresina negou em sessão realizada nesta quarta-feira (13/06), um pedido feito pelo vereador Dudu (PT) para que o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina (SETUT), apresentasse à Casa os subsídios prestados pela Prefeitura de Teresina às empresas do transporte público da capital.

"O Sindicato tem dito sempre que existe uma defasagem nas passagens e que não está sendo repassado o subsídio para eles, alegando que se tem um acúmulo de dívidas de cerca de R$ 30 milhões. A Prefeitura, através do prefeito Firmino Filho, diz que existe uma dívida em torno de R$ 1,9 milhão nesse subsídio. A realidade é que nós não sabemos o que se foi ou não repassado", disse o vereador.

A preocupação do vereador é de que o sistema de transporte público de Teresina entre em colapso devido a essas dívidas com as empresas responsáveis pelo transporte.

"Existe a possibilidade de um caos generalizado que deixe a situação pior do que já nos encontramos. Empresário alegam que não tem condições nem de irem atrás de bancos para trazerem dinheiro para cobrir prejuízos. Esta Casa não pode pelo menos se furtar de saber do Setut se existe algum pagamento de 2017 pra cá e se há alguma negociação feita com a Prefeitura", solicitou Dudu.

A solicitação foi negada por 17 dos 25 vereadores presentes na sessão desta quarta-feira (13/06) e causou indignação do parlamentar:

"Mais uma vez a Casa, capitaneados pela base do prefeito Firmino Filho, rejeita uma solicitação para termos informações. Não sei que medo é este, ou que tipo ligação, tem esta Casa com alguns segmentos da nossa cidade que não querem que o povo tenham estas informações. Continuarei insistindo para que tenhamos informações", finalizou Dudu.  



Fonte: Redação 

Dê sua opinião: