5000onon

Teresina registrou quatro mortes em 72 horas na semana passada

De quarta a sexta-feira da semana passada, foram registrados quatro homicídios em Teresina e todas as vítimas tinham passagens pela polícia. O primeiro caso aconteceu na avenida dos Ipês, quando o jovem identificado como Antônio Ricardo Alves de Sousa, de 18 anos, foi baleado ao tentar roubar uma motocicleta.

Já no dia seguinte, mais uma pessoa foi morta em uma tentativa de assalto, dessa vez uma jovem de 18 anos, que foi baleada durante uma tentativa de assalto no bairro Alto Alegre, na zona norte de Teresina. De acordo com informações da polícia, a mulher, em companhia de um comparsa, vinha realizando uma série de assaltos na região. 

Menos de 72 horas depois da primeira morte, foram registradas mais duas na capital. Witalo Santos e Taynara Santos, que eram namorados, foram mortos a tiros no bairro Porenquanto, zona norte, no início da noite de sexta-feira (29). Segundo apurou a polícia, Witalo já tinha passagens por roubos e homicídio. 

Delegacia de Homicídios investiga as mortes (Crédito: Reprodução)
Delegacia de Homicídios investiga as mortes (Crédito: Reprodução)

Todos esses casos são investigados pela Delegacia de Homicídios, que busca juntar peças para entender em que circunstâncias os crimes aconteceram, além de identificar os acusados.

“A gente tem informações que todas essas pessoas viviam em estado de vulnerabilidade social, todas elas tinham passagens pela prática de crimes. Contudo, a gente, ao instaurar um inquérito policial, observamos o perfil de cada um. Então, vamos evoluir na investigação e quando chegar ao final dela a gente possa dizer o que aconteceu, como aconteceu e porque aconteceu”, afirmou o coordenador da Delegacia de Homicídios, Francisco Costa, o Baretta.



Fonte: Portal Meio Norte 

Dê sua opinião: