Policial militar é conduzido em operação deflagrada contra quadrilha de assaltantes

Um policial militar foi conduzido coercitivamente para prestar depoimentos na manhã desta quarta-feira (29/11), durante a Operação Refranata. De acordo com o delegado geral Riedel Batista, o policial militar prestará depoimento sobre o envolvimento com a quadrilha de assalto a instituições financeiras. Dez pessoas foram presas e no decorrer na operação mais pessoas podem ser detidas.

“Ainda não sabemos qual a participação do policial militar nesse esquema. Ele prestará depoimento e irá esclarecer alguns pontos”, afirma o delegado.

Ainda de acordo com Riedel Batista, o grupo criminoso planejava sequestrar um empresário do ramo de ensino da capital. “A quadrilha tinha tudo planejado para sequestrar o dono de uma escola particular de Teresina. Eles iriam sequestrar o empresário e a esposa dele e depois pedi dinheiro”, revela o delegado.

Ao longo desse ano já foram mais de cem prisões de pessoas envolvidas a roubos e assaltos a instituições financeiras no Piauí.

Polícia deflagra operação e cumpre 42 mandados judiciais em Teresina

A Polícia Civil do Piauí deflagrou na manhã desta quarta-feira (29/11) a Operação Refranata, que visa dar cumprimento a 26 Mandados de Busca e Apreensão e 16 prisões preventivas, relacionadas principalmente ao combate de crimes de estouro de caixas eletrônicos e roubos a bancos, assim como crimes correlatos de roubos de veículos, tráfico de drogas e outros.  Até o momento 10 pessoas foram presas.

De acordo com a polícia, parte do grupo criminoso investigado em questão é formado por foragidos da justiça, bem como pessoas responsáveis por atos periféricos.  

Foto: Polícia Civil   
 Foto: Polícia Civil  

A operação acontece após cinco meses de intenso trabalho de investigação policial e conta com a participação de cerca de 100 policiais civis, com apoio com Ministério Público Estadual, Central de Inquéritos do TJ-PI, na pessoa do Juiz Luís Moura, além da Delegada Vanda Abreu.

Foto: Polícia Civil    
 Foto: Polícia Civil   

 A operação conta com o apoio da Polinter, Homicídios, Delegacia de União, José de Freitas, Altos, 1°DP, 2°DP, 4°DP, 5°DP, 7°DP, 12°DP, 8°DP, 23°DP, além da Polícia Militar do Piauí e Delegacia Regional de Timon, no estado do Maranhão.

 O termo "Refranata" vem do latim e significa repressão.

Foto: Polícia Civil  
  Foto: Polícia Civil  



Por Adriana Oliveira
Fonte: Portal Az 

Dê sua opinião: