5000onon

Pai que atacou bebê com mordidas é indiciado por 4 crimes

Resultado de imagem para anamelka delegada 
 Delegada Anamelka  Cadena (Foto: Reprodução)

A delegada Anamelka Cadena, titular do Núcleo de Feminicídio do Piauí, concluiu o inquérito que investiga o caso do bebê de apenas um mês que foi supostamente agredido pelo próprio pai. A criança teve várias lesões no corpo causadas por mordidas e o lábio inferior foi arrancado. 

O inquérito foi encaminhado à Justiça nesta segunda-feira (23). Segundo as investigações, o pai do bebê foi indiciado por quatro crimes: tentativa de homicídio, ameaça, lesão corporal e difamação. Francisco das Chagas Vieira foi preso preventivamente no dia 15 de abril, dia em que ocorreu o crime. 

De acordo com a delegada Anamelka, Francisco disse que ia tentar matar a criança e a companheira. O suspeito agrediu a criança por acreditar que não era seu filho. 

A polícia suspeita que a mãe do bebê tenha sido dopada por Francisco no dia em que ocorreu as agressões. O exame taxológico vai ficar pronto em breve. 

Vitório Gabriel perdeu todo o lábio inferior

O bebê continua internado no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e seu quadro é estável. Ele aguarda recuperação da lesão no lábio para passar por um novo procedimento cirúrgico. 




Fonte: Polícia Civil 

Dê sua opinião: