5000onon

Laudo atesta que bala que matou Émile saiu da pistola do soldado Aldo Dornel

O laudo pericial de micro-comparação balística emitido pelo Instituto de Polícia Científica atesta  que a bala que matou a pequena Emile Caetano, de 9 anos, na noite do dia 25 de dezembro de 2017, durante abordagem ao carro de sua família, foi disparada pela pistola do soldado Aldo Luis Barbosa Dornel.

O laudo está anexado ao inquérito concluído pelo delegado Higo Martins, da delegacia de homicídios da Polícia Civil do Estado do Piauí já encaminhado encaminhado para o promotor Regis Marinho que tem atuação no Tribunal do Juri.

Dê sua opinião: