Homem é preso em hospital após matar desafeto

Pedro Paulo procurou atendimento após ter sido baleado por seu desafeto 
 Foto: Divulgação

A Polícia Civil do Piauí, através da Delegacia Regional de Floriano, prendeu Pedro Paulo da Silva, 22 anos, dentro de um hospital nesse domingo (3) após matar o rival Wedson Celestino, vulgo “caderno de desenho”. 

Segundo a polícia, no dia 2 de dezembro Wedson efetuou dois disparos de arma de fogo contra Pedro Paulo, que estava sentado na porta de casa, em Floriano. Mesmo baleado, Pedro Paulo reagiu à tentativa de homicídio e deferiu golpes de facão em Wedson, que acabou falecendo. Após o ato, Pedro Paulo fugiu no sentido de São João dos Patos (MA), onde procurou socorro médico e devido à gravidade dos ferimentos foi encaminhado para o Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano.   

Wedson foi morto com golpes de facão 


Uma guarnição da Polícia Militar se dirigiu ao hospital e os policiais deram voz de prisão a Pedro Paulo, o qual se encontra custodiado na unidade hospitalar por uma Equipe da Polícia Civil de Floriano. 

Ainda conforme a Polícia Civil, Wedson Celestino, vulgo caderno de desenho, estava foragido da Casa de Custódia em Teresina. Tanto o homicida quanto a vítima são acusados da prática de assalto a um veículo da Prefeitura de Rio Grande do Piauí, onde subtraíram uma quantia em dinheiro, fato ocorrido na semana passada, bem como são suspeitos de outros assaltos à transeuntes em Floriano. 

A arma do crime do homicídio (facão) e a da tentativa de homicídio (revólver calibre 38 e uma munição deflagrada e outra intacta) foram apreendidas pela PM e entregues na Central de Flagrantes, encontradas após diligências nas proximidades do local do crime.  



Fonte: Polícia Civil
Editor: Alinny Maria 

Dê sua opinião: