5000onon

Empresário é preso em flagrante ao tentar subornar policiais

O empresário Wilson Francisco de Gois Veloso, de 31 anos, dono de um frigorífico no Promorar, foi preso na tarde de sexta-feira (30), por furto de energia e corrupção ativa, durante uma operação do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), que acompanhou a inspeção de funcionários da concessionária Cepisa - Equatorial Energia.

Após a constatação de um “gato de energia”, através de uma derivação ligada direto da rede pública por funcionários da empresa, policiais do Greco foram acionados e o empresário tentou suborna-los, colocando dinheiro - R$ 200,00 - dentro de um bloco de intimações, no momento em que o mesmo foi intimado para prestar esclarecimentos na Delegacia.

Após a gravação do vídeo, o empresário foi preso em flagrante e levado para a Central de flagrantes. O Delegado Laércio Evangelista pode falar sobre o caso.  



Fonte: GRECO

Dê sua opinião: