5000onon

Decisão por expulsão de Alisson Wattson deverá ser enviada ainda hoje ao Karnak

A decisão de expulsão de Alisson Wattson da corporação da Policia Militar será enviada ainda nesta sexta-feira (09/02), ao Palácio de Karnak, para que o governador Wellington Dias assine o decreto de exoneração. Alisson Wattson confessou ter assassinado no ano passado sua namorada e estudante Camilla Abreu. Nesta quinta-feira (08), uma comissão da instituição decidiu por sua demissão.  

“O próximo passo é encaminhar imediatamente para o governador do Estado, pois é ele que nomeia e quem exonera. A decisão está tomada pela Polícia Militar. Não tenho nenhuma dúvida que nos próximos dias nos teremos a publicação no Diário Oficial de sua exclusão e encaminharemos pra decisão da justiça a transferência dele para a prisão comum” explica o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Carlos Augusto de Souza.

Coronel Carlos Augusto (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ) 
 Coronel Carlos Augusto (Foto: Wilson Nanaia / Portal AZ)  

Segundo o coronel Carlos Augusto, o acusado ainda está detido na prisão militar, porém conta que, assim que for publicado no Diário Oficial sua exclusão, Alisson Wattson será encaminhado para uma unidade prisional comum.

“Quando publicar a exclusão dele dos quadros da polícia, imediatamente oficiaremos ao poder judiciário e pedimos autorização para deslocar ele à um presídio comum” completa.

Entenda o caso

A estudante de Direito Camilla Abreu, 21 anos, foi assassinada na madrugada do dia 25 de outubro do ano passado. Seis dias depois, o corpo da jovem foi encontrado, durante as investigações da equipe da Delegacia de Homicídios, que foi levada até o local pelo próprio autor do crime, o capitão da Polícia Militar Allisson Wattson.

O PM era namorado da vítima e já possuía um histórico de ser agressivo em seu relacionamento com a moça. Ele confessou à polícia que atirou na estudante quando estavam em seu veículo. O crime ocorreu próximo ao povoado Mucuim, estrada que liga Teresina a Altos.

 Alisson Wattson / Camilla Abreu  


Fonte: Portal Az 


Dê sua opinião: