Conselho da PM decide expulsar assassino de Camila

Allisson Wattson da Silva Nascimento 
 Foto: Arquivo pessoal

O comandante-geral da Polícia Militar do Piauí, coronel Carlos Augusto, divulgou, nesta quinta-feira (7), nota de esclarecimento sobre a decisão do Conselho de Justificação pela expulsão da corporação do capitão Allisson Wattson da Silva Nascimento, réu confesso da morte da estudante de Direito Camila Pereira de Abreu, em 26 de outubro passado. 

O Conselho de Justificação, que decidiu pela demissão do oficial, era formado pelo coronel Edson Ferreira da Silva, tenente-coronel Jorge de Sousa Lima e major José Wilson Gomes da Silva Nascimento. 

Cabe ao Conselho de Justificação a apuração do homicídio qualificado, ocultação de cadáver e destruição de provas, conforme o inquérito policial 104/2017, da Delegacia de Homicídios da Polícia Civil do Piauí. 

No inquérito, entregue no dia 30 de novembro à Justiça, o acusado foi indiciado por três crimes: homicídio duplamente qualificado - por feminicídio e sem oferecer chance de defesa à vítima -, ocultação de cadáver e fraude processual. 



Fonte: PM-PI 


Dê sua opinião: