5000onon

Marcelo, presidente do MDB, diz que vota em Lula e Wellington

Presidente do MDB do Piauí,  o deputado Marcelo Castro  votou contra o impeachment de Dilma Roussef contrariando a recomendação da direção nacional do partido.Mesmo assim permaneceu na direção da agremiação de Michel Temer.Agora,  no ano de decisiva eleição para os destinos do partido, tem confidenciado a amigos que vota em Lula, se este for candidato, e no governador Wellington Dias numa muito provavel candidatura a reeleição.

Os comentários de Marcelo começam a ser vistos por correligionários do Piauí como uma estrategia para ainda cair mais no gosto dos petistas e ser indicado, em algum momento, para compor a chapa majoritária que deverá ser encabeçada por Wellington.

Os propalados planos de Castro, porem, passam pelo resultado da convenção  do MDB, onde hoje ele não teria maioria.Os detentores dos votos dos delegados do MDB hoje são Themístocles Sampaio Pereira Filho e João Henrique de Almeida Souza.

João Henrique há muito te viajado o Estado e mantido contato pessoalmente com delegados, as pessoas que votam na convenção e aprovam ou desaprovam coligações.Marcelo Castro tem um número grande de prefeitos que apoiam suas pretensões políticas mas não tem os delegados, eleitores nas convenções.

O deputado Themístocles Filho trabalha pelo menos 16 horas por dia para viabilizar a sua candidatura a vice-governador na chapa de Wellington Dias.Depende apenas de uma decisão do governador, que estaria prometida para os proximos dias.Isto acontecendo Themístocles não teria tantas dificuldades para confirmar a aliança com o PT na convenção do MDB, muito diferente de Marcelo.

Themístocles e João Henrique, que é vice-presidente do MDB no Piauí e amigo pessoal do presidente Michel Temer estão se entendendo e parecem ter percebido as supostas manobras de Marcelo Castrio, se é que existem.  

Resultado de imagem para Marcelo Castro 
 Deputado Marcelo Castro (Foto: Reprodução) 

Dê sua opinião: