Governo vai esperar Ciro dar "o tom do relacionamento".futuro

"Quem vai dar o tom do relacionamento é o senador Ciro Nogueira; se ele não entregar os cargos o Governo entenderá que pretende permanecer na base e a gente passa uma borracha em tudo que aconteceu". A revelação, feita em confidencia a este repórter, é de um influente nome da base do Governo de Wellington Dias, sobre os comentários de que o Progressistas, partido presidio no Piauí pelo deputado estadual Julio Arcoverde, se reuniria para avaliar a possibilidade de romper com o Governo, depois dos últimos acontecimentos motivados pela decisão do partido de não votar "aumento de impostos".

Resultado de imagem para ciro nogueira

Ciro Nogueira        (Foto: Reprodução)


Manobra traiçoeira

Presidente do Progressistas no Piauí, o deputado estadual Júlio Arcoverde, desabafou, hoje, pela manhã, na Assembléia Legislativa do Estado, afirmando que foi vítima de uma "manobra traiçoeira" por parte de colegas da base do Governo na comissão de Finanças, que tentaram destituí-lo momentos antes da reunião do colegiado, o que não aconteceu porque o pedido foi considerado intempestivo, já com a reunião em andamento para apreciar o projeto do Governo que aumenta a alíquota do ICMS.

Resultado de imagem para Júlio Arcoverde

Júlio Arcoverde      (Foto: Reprodução)


Deveria ter sido avisado

A mágoa de Júlio  se deve principalmente ao fato de que não foi avisado pelos colegas que no seu entendimento deveriam pensar primeiro na lealdade aos amigos de parlamento, preservando a cordialidade.

Manobra normal

O deputado Evaldo Gomes, cujo partido, o PTC , pertence a u bloco partidário no qual estava incluído o partido de Julio Arcoverde, considerou a manobra como um recurso normal da atividade parlamentar.

Resultado de imagem para Evaldo Gomes

Evaldo Gomes      (Foto: Reprodução)


Cabeça fria

O deputado Evaldo Gomes disse ter certeza de que o colega Júlio Arcoverde vai superar o episódio e entender que os governistas fizeram o que "qualquer um faria".

Ausência

Viajando à Europa o deputado Severo Eulálio foi o único ausente da sessão de ontem da Assembléia Legislativa que aprovou o projeto do Governo de aumento da alíquota do ICMS.

Resultado de imagem para deputado Severo Eulálio

Severo Eulálio     (Foto: Reprodução)


Aguardando a vaga

Deputado da base do Governo comentava hoje pela manhã na Assembléia que tem "um partido aguardando a vaga se o Progressistas de Ciro deixar o Governo".

Pela família

Na hora de votar contra o projeto do Governo hoje pela manhã o deputado Julio Arcoverde fez questão de dizer que o fazia pela dignidade da sua família.

Arcoverde tem palavra

Filho de Dirceu Arcoverde, ex-governador do Piauí que morreu de derrame cerebral no primeiro discurso que fez da tribuna do Senado, Julio disse que "a família Arcoverde tem palavra".

Dê sua opinião: