5000onon

Delegado pedirá a juiz que determine comandante apresentar dupla de PMs que matou Émile

O delegado Higgo Martins, da Delegacia de Homicídios, que preside o inquérito que apura a morte da menina Émile Caetano, de 9 anos, por um soldado e um cabo da Polícia Militar do Estado no final da noite da última segunda-feira, durante uma abordagem à família dela na avenida João XXIII, deve encaminhar dentro das proximas horas, ao juiz que estiver de plantão no Tribunal de Justiça do Estado, um oficio pedindo que a autoridade judiciária determine ao comandante da Polícia Militar do Estado, coronel Carlos Augusto, que mande apresentar à Polícia Civil, o soldado Aldo Barbosa Dornel e o cabo Francisco Vinicius Alves, acusados do crime, baseado em decreto de prisão dos dois emitido pelo juiz José Olindo Gil Barbosa, assinado na noite da última quarta-feira, 27.Os acusados agora são considerados custodiados pela PM.  

Resultado de imagem para coronel carlos augusto teresina 
 Comandante Geral da PM, Coronel Carlos Augusto (Foto: Reprodução)

A decisão do delegado de solicitar a determinação da apresentação dos acusados do crime à autoridade judiciária é consequência da recusa do corregedor geral da Polícia Militar do Estado, coronel Sergio Moura Lopes, que ao ter essa providencia solicitada pelo delegado se recusou a fazê-lo alegando ordem superior insistindo que o crime cometido pelos acusados é de natureza militar.

Dê sua opinião: