Aprovada antecipação da eleição da Câmara Municipal

O vereador Jeová Alencar,"um dos mais queridos presidentes da Câmara da história", segundo seu colega Major Paulo Roberto, deverá ser reconduzido ao cargo nesta sexa-feira, depois que o plenário aprovou um requerimento do vereador Edilberto Borges, o Dudu do PT, antecipando a eleição para renovação da diretoria da casa. A antecipação foi vista como uma "manobra inteligente e regimental".

Resultado de imagem para vereador Jeová Alencar

Vereador Jeová Alencar        (Foto: Reprodução)


Quase unanimidade

A quase unanimidade dos vereadores presentes ao plenário da Câmara Municipal de Teresina, hoje, aprovou o requerimento que viabilizou a antecipação da eleição da mesa diretora.

Como na Assembléia

A Assembléia Legislativa, sempre fundamentada no regimento interno da casa e na constituição, foi a primeira casa legislativa a antecipar o processo de eleição para a segunda legislatura.

Favorito

O atual presidente da Câmara Municipal, Jeová Alencar, desponta como grande favorito porque ao longo dos últimos meses estabeleceu com os vereadores colegas uma "relacionamento franco e aberto", segundo ainda o vereador Major Paulo Roberto.

Portas abertas

O vereador Major Paulo Roberto revelou que a portas do gabinete do presidente da Câmara Municipal estão sempre abertas para os colegas não existindo qualquer tipo de restrição partidária.

Resultado de imagem para vereador Major Paulo Roberto

vereador Major Paulo Roberto           (Foto: Reprodução)


Ninguem entrava

O vereador Major Paulo Roberto disse ainda que até bem pouco tempo tinha presidente na Câmara Municipal de Teresina que sequer falava abertamente com os colegas.

Cheiro no ar

Tem cheiro de operação da Polícia Federal no Ar. Sem falsa modéstia, este repórter antecipou em sua coluna todas as operações da PF no Piauí realizadas nos últimos anos.

Dando o show

A Mutual está dando um verdadeiro show de privilégios no fornecimento de mão-de-obra para repartições do Piauí. O Sr.José Veras está com a bola toda, segundo alto funcionário do Estado.

Dê sua opinião: