5000onon

PSG é surpreendido pelo Strasbourg e perde pela primeira vez no Francês

PSG é surpreendido pelo Strasbourg e perde pela primeira vez no Francês 
 Foto: REUTERS/Gonzalo Fuentes

O Paris Saint-Germain foi surpreendido neste sábado e caiu pela primeira vez no Campeonato Francês, mesmo com Neymar em campo. Fora de casa, pressionou o Strasbourg, perdeu diversas oportunidades e viu o adversário ser preciso para converter suas duas únicas chances e vencer por 2 a 1.  

O resultado deixou o PSG com 41 pontos, ainda tranquilo na liderança, dez à frente do Olympique de Marselha, que joga na rodada. Na terça-feira, a equipe visita o Bayern de Munique pela Liga dos Campeões. Já o Strasbourg chegou a 18 pontos, se afastou da zona de rebaixamento e encara o Bordeaux sexta que vem, fora de casa, pelo Francês.

Se já não havia tido uma grande apresentação diante do Troyes, no meio de semana, o PSG voltou a começar em ritmo lento neste sábado. Teve apenas um bom momento nos primeiros minutos, em cobrança de falta de longe de Daniel Alves, mas não conseguiu criar sequer uma real oportunidade de gol.

Quem aproveitou um lance de bola parada, no entanto, foi o Strasbourg. Aos 12 minutos, Dimitri Lienard cobrou falta pela esquerda, a defesa do PSG parou na tentativa de fazer a linha de impedimento, mas Rabiot deu condições para Nuno da Costa, que apareceu completamente livre para marcar de cabeça.

O gol imediatamente acordou os visitantes, que perderam bons momentos com Mbappé e Draxler. Na reta final, foi Di María quem levou perigo. Aos 37, cobrou falta rente à trave. Já no minuto seguinte, recebeu de Neymar de frente para o goleiro e tocou de direita para fora.

E quando parecia que o Strasbourg sairia para o intervalo com a vitória, o PSG igualou o marcador. Neymar deu ótima enfiada para Rabiot, que chegou tocando de primeira para o meio da área. Mbappé apareceu sozinho para balançar a rede. Aos 44, Pastore ainda acertou a trave.

Com o mesmo embalo, o PSG voltou ofensivo para a etapa final e desperdiçou bom momento logo nos primeiros segundos, com Pastore. Neymar, aos seis, e Di María, aos 17, erraram o alvo por pouco.

O Strasbourg, então, aproveitou para surpreender mais uma vez e voltar à frente. Aos 19 minutos, o goleiro Kamara chutou para o campo de ataque, a defesa parisiense cochilou e Nuno da Costa desviou para Bahoken, que invadiu a área e chutou firme, sem chances para Areola.

Novamente, o PSG cresceu com o gol sofrido e exerceu uma intensa pressão sobre o Strasbourg. Mbappé quase marcou em pelo menos três oportunidades. A última boa chance, porém, foi do zagueiro Kimpembé, que apareceu como surpresa no ataque e exigiu boa defesa de Kamara.


Fonte: Estadão Conteúdo 

Dê sua opinião: