5000onon

Perto de aposentadoria, Cielo vai à final do Mundial em prova favorita

Perto de aposentadoria, Cielo vai à final do Mundial em prova favorita 
 Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Cesar Cielo, 31, terá a chance nesta sexta (14), no Mundial de Natação em piscina curta, de se despedir de forma honrosa da prova que o consagrou: os 50m livre. A competição é disputada em Hangzhou, na China.

Nesta quinta (13), o brasileiro garantiu sua vaga na final da prova com a sexta melhor marca geral, 21s06, após ter prova ruim na fase eliminatória (21s39) e quase ser eliminado.

Foi nos 50m livres que Cielo conquistou seu primeiro e único ouro olímpico, em Pequim (2008). Também nos 50m livre foi ouro na piscina curta em 2010 (Dubai) e é tricampeão mundial: 2009 em Roma (ITA), 2011 em Xangai (CHI) e 2013 em Barcelona (ESP).

Se somarmos os primeiros lugares nos Jogos Pan-Americanos do Rio 2007 e de Guadalajara 2011, a prova já lhe rendeu sete ouros na carreira -são mais dois bronzes e uma prata.

Na última terça (11), Cielo já havia se tornado o maior medalhista brasileiro na história dos Mundiais em piscina curta com a conquista do bronze do revezamento 4x100, seu 11º na competição, ultrapassando Gustavo Borges.

Se chegar no pódio na final desta sexta, esta seria sua 33ª medalha internacional na carreira, finando apenas duas atrás de Borges, recordista do país no quesito.

+ Em jogo com 'voadora' de Müller, Bayern e Ajax empatam na Holanda

O Mundial de Natação pode marcar a despedida de Cielo das competições internacionais.

Também avançaram à final da prova o brasileiro Guilherme Guido (23s00), o americano Caeleb  Dressel (com melhor tempo, 20s51), o britânico Benjamin Proud (20s71) e o russo Vladimir Morozov (20s83). Com informações da Folhapress. 



Fonte: FOLHAPRESS

Dê sua opinião: