5000onon

Jovens estão experimentando mais na hora do sexo, mostra estudo

Menos tabus e iniciação sexual aos 16 anos. Essas foram algumas das revelações de uma pesquisa realizada no Reino Unido com homens e mulheres entre 16 e 24 anos. 

Feito a cada 10 anos desde 1990, o levantamento já soma mais de 45 mil entrevistados. No mais recente relatório — que cruzou as três últimas pesquisas —, os estudiosos descobriram que o sexo anal tem se tornado uma prática mais frequente. 

Mais de um a cada 10 adolescentes disseram já ter feito sexo anal aos 18 anos. Entre os com 22 e 24 anos o número subiu para três a cada 10, diz a BBC . No entanto, o sexo vaginal e oral segue como o mais comum entre homens e mulheres. A idade da iniciação sexual não sofreu variação entre as décadas: na pesquisa mais atual, a faixa etária é aos 16 anos. 

Embora apontem mudanças no comportamento sexual dos jovens, os especialistas não têm uma justificativa para isso. Especula-se que seja reflexo de uma maior aceitação e menor julgamento em relação à experimentação. 

De acordo com a Rede BBC, a mídia e a internet desempenham papel fundamental na quebra de tabus. 

— A internet significa que as pessoas podem facilmente achar e ver coisas que antes não conseguiam. O sexo anal é bastante estigmatizado, mas as atitudes parecem estar mudando. Sabemos que a sociedade se tornou mais aberta, mas ainda há muito pouca pesquisa sobre sexo anal e motivação — disse à emissora a Cynthia Graham, professora de Saúde Sexual e Reprodutiva da University of Southampton, na Inglaterra.  


Fonte: Gaucha ZH



Dê sua opinião: