5000onon

Descubra o que você deve saber antes de fazer sexo anal pela 1ª vez

Considerada uma das práticas que mais estimulam os homens na intimidade, a prática do sexo anal ainda levanta muitas dúvidas, medos e tabus. Se existe a vontade e a curiosidade de experimentar é importante então esclarecer alguns pontos para aproveitar mais a posição, com segurança e tranquilidade.

Dúvidas sobre sexo anal

Pode doer?

O medo e rejeição da maior parte das mulheres em relação à prática do sexo anal está justamente no fato de que ela possa oferecer dores e desconfortos. O incômodo, especialmente nas primeiras vezes e no início da relação, pode realmente aparecer, pois a musculatura do ânus pode contrair, dificultando a penetração.

Além do aspecto físico, o estado emocional da mulher no momento conta muito. Nervosismo, tensão e medo podem atrapalhar o prazer e tornar a prática desconfortável. Pedir calma e cuidado ao parceiro é essencial, lembrando ainda que insistir na prática somente para agradar, mesmo sentindo dores, não é aconselhável.

 (Crédito: Kiselev Andrey Valerevich/Shutterstock)
  (Crédito: Kiselev Andrey Valerevich/Shutterstock)

É possível ter orgasmo com sexo anal?

Especialistas afirmam que, para mulher, o orgasmo através da penetração no ânus é bastante raro e que o prazer normalmente está mais ligado ao envolvimento erótico e fantasia do momento. Estimular o clitóris durante a penetração anal, no entanto, pode ajudar a garantir excitação e o orgasmo.

Dicas de como fazer sexo anal

O primeiro passo é não abrir mão nunca da camisinha. Apesar de não oferecer riscos de gravidez, o sexo anal deixa a mulher mais vulnerável a doenças sexualmente transmissíveis.

Se for praticar sexo anal e vaginal na mesma relação, troque o preservativo quando realizar a mudança de posição para não comprometer a saúde da região íntima.

Use sempre um bom lubrificante para facilitar a penetração e evitar dores, já que, ao contrário da vagina, o ânus não se lubrifica sozinho. Aposte em lubrificantes à base de água, que não comprometem a eficácia da camisinha, e nunca utilize cremes, vaselina ou outro produto na região.

Nunca use anestésicos no ânus para evitar possíveis incômodos. A perda da sensibilidade pode fazer com que a mulher não perceba movimentos bruscos que podem causar ferimentos graves na região.

Use os dedos antes de receber o pênis do parceiro. A prática ajuda no relaxamento e faz com que a mulher fique mais adaptada ao sexo anal.

Além da posição de quatro, a pose de conchinha, em que a mulher fica de lado e é penetrada por trás, também é indicada como uma das que menos provocam dores no sexo anal.

 (Crédito: Alexander Tihonov/Shutterstock)
  (Crédito: Alexander Tihonov/Shutterstock)





Fonte: Com informações do Bolsa de Mulher

Dê sua opinião: