5000onon

Vacinação contra a gripe mobiliza postos de saúde em Teresina

Vacinação contra a gripe 
 Foto: Divulgação

Acontece neste sábado (12), o Dia D de mobilização da Campanha de Vacinação contra a Influenza, também conhecida como gripe. Em Teresina, 32 salas de vacina estão abertas para garantir a imunização daqueles que se encontram no público-alvo da campanha. A abertura oficial aconteceu no Centro Pedro Arrupe, a partir das 8h.  Confira no final do texto os pontos de vacinação!  

“Seis hospitais e 26 Unidades Básicas de Saúde, nas quatro zonas da cidade, estão abertos até às 17h, com isso esperamos atender bem a população”, explica a diretora de Vigilância em Saúde da FMS, Amariles Borba. A meta da FMS para a capital é que 193.527 pessoas sejam imunizadas até o fim da campanha, no dia 1º de junho. 

A vacina protege contra os vírus influenza A cepa H1N1, A cepa H2N3 e influenza B. “Estes foram os vírus mais frequentes nas síndromes gripais encontrados no hemisfério Sul no ano de 2017”, comenta Amariles Borba. As doses são seguras, constituídas por vírus inativados, fracionados e purificados, portanto, não contém vírus novos e não causam a doença. “A vacina da gripe leva de 13 a 15 dias para garantir o benefício amplo ao nosso corpo”, diz a diretora 

 Público alvo  

O público alvo da campanha contra a gripe é formado por pessoas maiores de 60 anos, crianças na faixa etária de seis meses a menores de cinco anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores das escolas públicas e privadas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições especiais. A população privada de liberdade e os funcionários do sistema prisional também precisam se vacinar. 

“Os portadores de doenças crônicas devem apresentar uma prescrição médica datada de 2018 no ato da vacinação”, alerta Amariles Borba. Se ele for cadastrado em programas de controle das doenças crônicas do Sistema Único de Saúde (SUS), basta se dirigir ao posto em que está cadastrado para receber a vacina. Se o local de atendimento não possuir um posto de vacinação, o paciente deve buscar a prescrição médica na próxima consulta que estiver agendada. Já os professores devem levar um contracheque para garantir sua dose. 

 Confira abaixo os locais de vacinação:  

 ZONA NORTE  

UBS Cecy Fortes 

UBS Santa Maria da Copidi 

UBS Adelino Matos 

UBS Poty Velho 

Hospital da Primavera 

UBS Antônio Noronha 

Hospital do Buenos Aires 

UBS Cidade Verde 

UBS Jacinta Andrade I 

 ZONA LESTE  

UBS Piçarreira 

UBS Vila Bandeirante 

UBS Santa Bárbara 

UBS Planalto Uruguai 

Hospital do Satélite 

UBS Planalto Ininga 

UBS Taquari 

 ZONA SUDESTE  

UBS Renascença 

UBS Todos os Santos 

UBS Alto da Ressurreição 

Hospital do Dirceu 

UBS São João 

UBS Nossa Senhora da Guia 

UBS Dr. Carlos Alberto 

 ZONA SUL  

UBS Saci 

UBS Irmã Dulce 

UBS Cristo Rei 

UBS Vila da Paz 

UBS Vamos Ver o Sol 

Hospital do Parque Piauí 

Hospital do Promorar 

Centro Pedro Arrupe 

UBS Portal da Alegria 





Fonte: FMS

Dê sua opinião: