5000onon

Universidades públicas e particulares suspendem aulas por conta da falta de combustíveis

UFPI 
 Foto: Alinny Maria

O movimento dos caminhoneiros contra o aumento abusivo dos preços dos combustíveis, que entrou no oitavo dia de paralisação nesta segunda-feira (28), suspendeu as aulas nas universidades pública e particulares de Teresina e em outras cidades do Piauí. Estão suspensas as aulas nas universidades Federal e Estadual. 

Foram suspensas as aulas do IFPI em Teresina [Centro, Dirceu Arcoverde, zona Sul], Piripiri, Picos, Campo Maior, Cocal, Pedro II, São João do Piauí, Floriano
 Funcionam as unidades do IFPI de José de Freitas; Pio IX; Uruçuí; Paulistana; Corrente; Oeiras; Valença; Parnaíba e São Raimundo Nonato. 

As universidades Estácio/Ceut, Wyden Educacional, Santo Agostinho, Uni/Novafapi, Facid e outras também suspenderam as aulas hoje por causa do desabastecimento nos postos de combustíveis da capital. 

Os colégios CPI, Objetivo, Colégio das Irmãs, Dom Barreto, mantiveram as atividades nesta segunda-feira. O Colégio Diocesano manteve as aulas com a ressalva de que não haverá prejuízo para os alunos que não puderem comparecer às atividades letivas nesta data por conta da falta de combustíveis em Teresina. Já o Colégio CEV cancelou todas as aulas no dia de hoje em todas as unidades. 

Nas escolas públicas municipais e estaduais não houve paralisação, mas a prefeitura de Teresina e o Governo do Estado avaliam a possibilidade de suspender as atividades, caso a greve dos caminhoneiros continue nesta terça-feira (29).    



Fonte: Paulo Pincel 

Dê sua opinião: