5000onon

Intervenções no Centro de Teresina visam priorizar pedestres

Priorizar os pedestres no centro e proporcionar ambiente agradável para uso e pertencimento dos teresinenses, esta é a ideia da Prefeitura de Teresina, ao instalar faixa de pedestres e parklets ao longo da Rua Coelho Rodrigues, no trecho entre as Praças Rio Branco e João Luís Ferreira.

As mudanças na Rua Coelho Rodrigues tiveram boa receptividade. Robert Leal, comerciário a mais de 30 anos, conta que teve uma surpresa quando chegou ao trabalho nesta segunda-feira (11).

“Foi uma ótima surpresa quando chegamos para abrir a loja. São iniciativas como esta que Teresina está precisando. Nós aqui no Centro estávamos perdendo clientes para os shoppings, mas com essa iniciativa de deixar as ruas mais agradáveis, mais os clientes retornam a frequentar o centro”, relata Robert Leal.

 
  Créditos: ASCOM/SDU CENTRO NORTE 

Francisco da Silva é teresinense, mas trabalha em São Bernardo do Campo, e está em Teresina para passar o período de férias e festas de fim de ano com a família. Ele comenta que sempre via o trânsito bem mais movimentado no Centro e este ano, com essa mudança, as calçadas e o trânsito de pedestre está bem mais tranquilo e de fácil locomoção.

Já para o gerente de uma lanchonete, Antônio Sales de Azevedo, “a instalação de uma faixa para os pedestres, além de possibilitar melhorias para as pessoas que transitam, é uma visibilidade a mais para as lojas”.

De acordo com a arquiteta Constance Jacob, coordenadora da área central, da SDU Centro/Norte, a proposta nasceu do interesse da Prefeitura de Teresina em transformar os espaços públicos na cidade em locais de convívio, arte e cultura, estimulando as pessoas a se apropriarem do espaço urbano. 

“Através desses projetos urbanos, a gente quer ir transformando uma cultura da cidade, revertendo um processo para voltar à época em que todo mundo andava nas ruas, convivia com a cidade de uma forma mais harmônica e participativa. Com isso, a gente tenta resgatar esse tempo em que as pessoas conviviam mais e se interessavam mais pela cidade”, ressalta.

A proposta foi estender a área das calçadas para pedestres, instalando 50 vasos de plantas, criando espaços para convívio dos transeuntes. O lançamento das mudanças ocorreram no último domingo, com o CaminhArthe, que reuniu roda de conversa sobre a requalificação do centro, culinária e apresentações artísticas.




Fonte:Com informações da PMT



Dê sua opinião: