Confira detalhes do Corso que acontece neste sábado (3)

Corso 2017 
 Foto: Reprodução

Acontece neste sábado (03) mais uma edição do Corso do Zé Pereira, o tradicional desfile de carros decorados de Teresina que já foi eleito o maior do mundo pelo Guinness Book. 

A folia terá início a partir das 17h. Os carros desfilarão na avenida Raul Lopes e estarão concentrados na Avenida Petrônio Portela, com início do percurso no balão da Newland e término no balão do Shopping Riverside. A abertura será feita por mais de dez bandas, reunindo mais de 150 músicos, tocando as tradicionais marchinhas e acompanhando as majestades do Carnaval. 

Para garantir a segurança dos foliões, vários órgãos estarão envolvidos na realização do evento, entre eles a SDU Leste, a SDU Norte, a Semam, responsável pelo plano de gerenciamento de resíduos líquidos e sólidos, a Semduh, responsável pela iluminação, o Comando Geral da PM, responsável pelo plano geral de policiamento, o RONE, que realizará rondas ostensivas e apoio ao policiamento, e o Corpo de Bombeiros, com vistoria de regularidades do espaço físico. 

De acordo com o coronel Alberto Meneses, coordenador geral de operações da Polícia Militar do Piauí, cerca de 1.200 agentes de segurança pública estarão trabalhando na avenida, entre policiais militares, civis e rodoviários federais, sendo 700 policiais militares divididos em três turnos. "As forças policiais se uniram para atender da melhor maneira a população. Vamos ter cinco pontos de bloqueio, onde será fiscalizada a entrada da população no corredor da folia, assim como o bloqueio de objetos cortantes, como bebidas e comidas em recipientes de vidro", afirmou o coronel. 

A organização do trânsito ficará por conta da Strans e da Polícia Rodoviária Federal, que fará a sinalização na Avenida João XXIII e das vias que dão acesso à festa além da realização de blitze. “A Ponte da Primavera será fechada totalmente a partir das 6h do sábado. As demais pontes estarão livres para circulação de veículos. Este ano a Avenida Marechal Castelo Branco estará toda liberada”, informa o diretor de Operação e Fiscalização da Strans, Jaime Oliveira. 

A novidade na edição deste ano será a participação de paredões de som, que desfilarão antes dos caminhões. Chegando ao ponto final do desfile, os paredões e caminhões irão dispersar pela avenida Cajuína. A paralisação de paredões de som no corredor da folia ou em vias que dão acesso ao local será estritamente proibida. 

Vigilância sanitária fiscaliza alimentos

A Vigilância Sanitária Municipal vai trabalhar para garantir a segurança alimentar durante o Corso de Teresina, por meio da fiscalização de alimentos e bebidas comercializados no evento. A partir das 8 horas de sábado (3), 10 equipes de fiscais estarão na Avenida Raul Lopes, onde acontece o Corso, para analisar as condições higiênicas e sanitárias do comércio ambulante de alimentos, bem como propor medidas de controle sanitário no momento da inspeção e apreensões de produtos impróprios para o consumo. 

“O objetivo é garantir que não sejam vendidos para a população produtos que não respeitem as normas de segurança alimentar”, justifica Jeanine Seba, gerente de Vigilância Sanitária da Fundação Municipal de Saúde (FMS). 

Antes do dia da festa, as equipes da Vigilância Sanitária orientaram os ambulantes sobre a forma correta de armazenar os alimentos, como deve ser feito o transporte e quais são as condições higiênicas e sanitárias necessárias para a manipulação dos produtos. 

Dentre os itens observados, estão a higiene da barraca, o acondicionamento dos alimentos em recipientes próprios e dentro da temperatura exigida por lei, o uso de copos, pratos e talheres descartáveis, validade dos produtos, acondicionamento do lixo e a higiene do manipulador dos alimentos – que deve estar limpo, sem adornos, com os cabelos protegidos e não pode manusear dinheiro. 

A Vigilância Sanitária alerta a população para que o consumo de alimentos oriundos de ambulantes seja feita de forma consciente, para não se transformar em risco à saúde. “Observem sempre a apresentação dos alimentos e de seus manipuladores. Alimentos frios devem estar em refrigeração e alimentos quentes em banho-maria. Molhos como maionese, ketchup e mostarda devem ser disponibilizados em sachê e os produtos devem ser servidos em utensílios descartáveis, que devem ser destruídos e jogados no lixo após o uso”, aconselha Jeanine Seba. 

Centro Integrado de Atendimentos estará no estacionamento da Ponte Estaiada

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Teresina estará presente durante o Corso. Um Centro Integrado de Atendimentos está sendo montado no estacionamento da Ponte Estaiada, onde dez macas e materiais diversos ficarão à disposição para que os profissionais de saúde atuem no local atendendo os foliões. 

“Toda a rede hospitalar da capital está preparada para atender os foliões. Médicos e equipe extra de enfermagem estarão atuando no Hospital da Primavera como ponto principal de apoio ao Corso, pois é a unidade que fica mais próxima do local da festa. Além disso, também no Hospital da Primavera, haverá uma ambulância do SAMU para casos que precisem de deslocamento de pacientes”, informa a diretora de enfermagem do SAMU Teresina, Eronice Moraes. 

Eronice informa ainda que o Corpo de Bombeiros é parceiro e vai disponibilizar duas ambulâncias próprias ao longo da Avenida Raul Lopes. “Ambulâncias do SAMU e da Polícia Rodoviária Federal também estarão presentes no trajeto”, finaliza Eronice. 

Limpeza das vias acontece durante e após o Corso

Para garantir a limpeza na Avenida Raul Lopes antes, durante e após o Corso deste ano, uma equipe de limpeza da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste), formada por 220 agentes, farão a coleta regular do lixo concentrado no evento. 

Para isso, a Prefeitura de Teresina, através das superintendências de Desenvolvimento Urbano Leste, Centro-Norte, Sul e Sudeste, montou um esquema especial de limpeza, principalmente na região Leste da cidade, onde está prevista a maior concentração de foliões. No dia da festa serão 170 homens no espaço. Já no domingo, serão 50. A equipe de limpeza fará a catação do lixo, ensacamento e a alocação no caminhão compactado que ficará distribuído em pontos específicos da avenida. 

Strans define pontos específicos para táxis e mototáxis

Para garantir mais segurança para as pessoas que vão para o Corso 2018, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) definiu pontos de táxis e mototáxis próximos à Avenida Raul Lopes, onde será realizada a festa. 

Os pontos de táxis e mototáxis ficarão situados em locais estratégicos para facilitar o acesso a todas as áreas da cidade. Serão oito pontos: na alça da Ponte JK, no sentido oeste/leste; na alça da Ponte Estaiada no sentido leste, próximo ao Bar Estaleiro; na rotatória da Lojas Pintos; na Avenida Universitária, próximo ao Posto São Raimundo; na Avenida Elias João Tajra; na Avenida Duque de Caxias com a Avenida Petrônio Portela, no sentido norte/sul; e ainda na Avenida Jóquei Clube com a Avenida Ininga. 

Denis Lima, gerente de Operação e Fiscalização da Strans, enfatiza que as pessoas devem evitar ir de carro por conta da dificuldade de encontrar estacionamento. “O ideal é usar os serviços de táxi e mototáxi para garantir um retorno para casa com mais tranquilidade”, finaliza. 

Secretaria da Mulher realiza campanha contra a violência

A Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) realizada, pelo quarto ano seguido, a campanha Marcas da Alegria, que convida a população como um todo ao enfrentamento da violência contra a mulher, especialmente durante as festividades de carnaval. Durante eventos como o Corso, é realizada uma programação de sensibilização e distribuição de material informativo. 

A campanha trabalha a seguinte temática: “Que as únicas marcas nesse carnaval sejam de alegria”, mostrando no leque (a principal peça da campanha) os dois lados: primeiro, o rosto de uma mulher que foi agredida física e psicologicamente pelo companheiro e depois, no verso, o rosto da mesma mulher, só que com alegria contagiante, com a autoestima elevada, feliz, pronta para a folia de carnaval. 

“Por isso o nome Marcas da Alegria, para que as pessoas percebam o lado obscuro e cruel da violência, que todos os dias acontece país afora, vitimando milhares de mulheres, mas que também percebam a alegria de viver em paz, tendo seus direitos respeitados, podendo aproveitar esse período de extrema alegria sem a sombra da violência, em suas diversas formas. E é essa marca que queremos: a marca da alegria, do brilho, do empoderamento”, completou Macilane Gomes, secretária da Mulher. 

Para este ano a SMPM buscou reforçar a parceria com outros órgãos e instituições, que juntos toparam abraçar a campanha, fazendo com que ela chegue a um número maior de pessoas. A Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves, a Fundação Municipal de Saúde, a Superintendência Municipal de Trânsito, a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas, a Secretaria Municipal de Juventude, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, o Ministério Público, o NUPEVID, a Coordenadoria Estadual de Políticas Públicas para Mulheres e o Conselho Regional de Enfermagem são os parceiros da edição deste ano.  




Fonte: PMT 


Dê sua opinião: