5000onon

Com pancadaria, Câmara de Teresina aprova projeto de regulamentação do Uber

Tumulto e confusão na Câmara de Teresina 
 Foto: Reprodução Vídeo 

Com confusão, tumulto e agressão, o projeto que regulamenta o transporte por aplicativos em Teresina foi aprovado na manhã desta terça-feira (11) na Câmara Municipal de Teresina. Na votação em regime de urgência, 18 vereadores votaram a favor do projeto e somente o vereador Deolindo Moura (PT) se posicionou contra. O vereador Joaquim do Arroz se absteve de votar.

Durante a votação, uma mulher que é motorista do Uber, ficou ferida. Segundo testemunhas, o agressor é um homem identificado apenas como Sérgio, que foi levado à Central de Flagrantes. A Tropa de Choque da Polícia Militar teve que ser acionada para acalmar os ânimos no local.

A Lei do Uber, como é conhecida, limita o número de motoristas de aplicativos. Agora o número de motoristas de aplicativos será igual ao de táxis, 2.040. A regulamentação obriga que a placa dos carros seja de Teresina e que o ano de utilização do carro seja de oito anos, com mais um para adequação, os motoristas também terão que adesivar o carro. Os motoristas de aplicativos terão um ano para se adaptar a emenda.  



Fonte: Piaui Hoje 

Dê sua opinião: