5000onon

Quando o silêncio sinaliza uma reação

Não tive a oportunidade de ver, mas um amigo me contou e eu acreditei: A STRANS teria construído um acesso em frente a um poste. Isso mostra o tipo de engenharia que está orientando novas regras no trânsito de Teresina, cujo resultado, entre tantos absurdos, é impedir os proprietários de automóveis de fazerem retornos à esquerda.

Nos retoques finais para a inauguração do sistema de integração dos ônibus foram fechados os poucos retornos que ainda havia na Avenida Henry Wall de Carvalho, na zona sul, atingindo a Barão de Gurgueia, um trecho da Joaquim Ribeiro e a Rua Barroso, até a Praça Saraiva. Significa que a pessoa que entrar na Barão, no sentido sul/centro não poderá retornar para pegar em casas um documento que por ventura tenha esquecido.

Curioso é que o material utilizado para fechar os retornos não é uniforme. Começaram usando tijolos e cimento, mas agora estão usando barras de ferro amarelas, para combinar com a pintura das novas
estações de passageiros. É muito grande a insatisfação das pessoas que possuem automóveis em Teresina. É como se essas pessoas tivessem que pagar o preço da “modernização! do transporte coletivo.

O prefeito Firmino Filho parece não ter imaginado ainda que os proprietários de automóveis em Teresina haverão de dar a resposta contra essa humilhação. Ele talvez esteja se baseando pelo silêncio
dos mesmos. “Se estão calados é porque estão satisfeitos”, deve estar pensando. Proprietários de automóveis em Teresina são de classe média para cima. Não vão ficar fazendo manifestações de protesto. É mais cômodo esperar pela eleição.

Temer visita presidente do STF


Não se sabe se por medo ou humildade, mas a verdade é que o presidente Temer procurou a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Carmem Lúcia, no último sábado. O encontro foi na residência da ministra, cinco dias após o ministro Roberto Barroso determinar a quebra do sigilo bancário do presidente no âmbito do inquérito que investiga irregularidades na elaboração da Medida Provisória 595, conhecida como MP dos Portos. Foi a primeira vez que isso aconteceu com um presidente no exercício do mandato.

População sem medo

A população está perdendo o medo de certos bandidos, na medida em que os pequenos assaltos vão aumentando em Teresina. Moradores do Lourival Parente dominaram no último sábado (10) um suspeito de tentar um assalto. A população reteve o homem que estava de moto, até a chegada da Polícia Militar, que conduziu o suspeito até a Central de Flagrantes. Segundo relato da polícia, o bandido portava uma arma de fabricação caseira. Consta que o assaltante chegou a ser atendido no HUT. Significa que ele deve ter levado uns tapas.

Banheiro unissex

Escreveu o cartunista Albert Piauhy, no facebook: “Há 45 anos, quando não tínhamos a Universidade Federal do Piauí, o Piauhy era o Estado mais pobre do Brasil. Agora, 45 anos depois da Universidade Federal do Piauí, o Piauhy continua o Estado mais pobre do Brasil. Mas nem tudo está perdido. Depois de conceder o título de Doutor Honoris Causa ao famoso político pernambucano Luís Inácio Lula da Silva, inaugurou um banheiro unissex em suas dependências”. O Albert pode não concordar, mas tem gente que considera isso um sinal de modernidade.

Sábado violento

O último sábado foi um dos mais violentos dos últimos anos emmTeresina, com um registro de quatro homicídios. Mataram a tiro um suposto morador de rua, conhecido como Negão, na calçada de uma loja
de peças próxima ao elevado da Miguel Rosa. Antes, pela manhã, foi morto a facadas, no bairro Pedra Mole, Francisco das Chagas, de 43 anos. A terceira vítima foi Airton Costa, de 24 anos, morto com dez
disparos de arma de fogo, na Vila Irmã Dulce. O último registro foi sobre André Aquino, vulgo De Menor, executado com um tiro na nuca, na Rua Canindé, Parque Alvorada. Até ontem (11) a polícia ainda não tinha
prendido nenhum dos assassinos.

Desigualdade não explicada

É comum a gente ouvir de políticos, principalmente os de esquerda, das Câmaras Municipais ao Senado, que no Brasil a mulher ganha menos que o homem no seu trabalho. Seria bom que esses mesmos políticos mencionassem os tipos de atividades em que ocorrem as desigualdades salariais. Não me lembro de já ter visto um anúncio de concurso público com vencimentos distintos para homens e mulheres. O próprio salário mínimo é um só. Uma juíza, uma delegada ou uma enfermeira ganham menos que os do sexo masculino? Vamos especificar os casos e lutar

Agressividade

Escreveu Glória Sandes Alpha, no facdebook: "A agressividade nunca é necessária. Acreditar nessa falácia é ignorar todo o conhecimento sobre o comportamento humano. O agressivo quer impor. A imposição
apenas induz o outro a fincar o pé onde está. Em política, e a política permeia todos os aspectos da interação humana, só se avança através do diálogo. Além do quê, a crítica educada tem sempre mais efeito que a crítica agressiva, pois a última não tem efeito positivo nenhum."( Eduardo Jauch)

TereMusic

Escreveu Deuzimar Silva, no facebook: “José Pereira, o popularmente conhecido “Zé Filho”, humorista e atleta dos finais de semana, convida a todos os amigos da Pelada do Teta para prestigiarem a sessão solene,no Plenário da Câmara Municipal, amanhã, às 10h30, que oficializará o TereMusic como integrante do calendário de eventos anuais em Teresina. Idealizado por “Zé Filho”, o Festival TereMusic tem por objetivo a descoberta de talentos jovens no campo da música”.

O humor de cada dia

FRASES SOBRE O CASAMENTO

Era tão azarado que, se quisesse achar uma agulha no palheiro, era só sentar-se nele. O dinheiro não nos traz necessariamente a felicidade. Uma pessoa que tem dez milhões de dólares não é mais feliz do que a que tem só nove milhões.

O ideal no casamento é que a mulher seja cega e o homem surdo. O casamento é o fim do romance e o começo da história. Há homens e mulheres que fazem do casamento uma oportunidade de adultério.

Só o cinismo redime um casamento. É preciso muito cinismo para que um casal chegue às bodas de prata. O casamento é a única aventura ao alcance dos covardes.
O fardo do casamento é tão pesado que precisa de dois para carregá-lo
- às vezes, três.

No casamento, cada pessoa deve realizar a função que lhe compete. O
homem deve ganhar dinheiro, a mulher deve economizar.

O casamento é uma tragédia em dois atos: civil e religioso.

Dê sua opinião: