5000onon

Prefeitura aproveita feriados para testar integração

Imagem relacionada 
 Foto: Reprodução

A Prefeitura de Teresina resolveu testar o sistema de integração de ônibus antes de concluir as obras das estações de passageiros. Pelo
menos as das avenidas Miguel Rosa e Barão de Gurgueia estão todas em acabamento. A Strans fez como o cara que engravida a noiva antes do
casamento, e depois, quando a criança nasce, sai dizendo que a mesma não é filha dele.

Nesses feriados não houve reclamações pela demora na mudança de um ônibus para outro, pois ninguém estava indo para o trabalho, embora
alguns relatos de passageiros confirmassem o que já se esperava. Quem é obrigado a pegar dois ônibus já fica sabendo que o tempo de espera é
dobrado.

Um morador do conjunto Saci informou que fez o teste ao visitar um amigo no bairro Vermelha. Pegou o ônibus da “Maranhão” na altura da
antiga parada final, indo até o terminal do Parque Piauí, ao lado do Distrito Industrial, tendo que esperar 20 minutos para pegar o outro
que ia para o centro.

Esse passageiro informou que a pessoa more no Saci e trabalhe na Avenida Barão de Gurgueia terá que pegar quatro ônibus Ida e volta),
pois só passa por dentro do Saci o ônibus que trafega pela Avenida Maranhão. Nessa mesma situação deve existir uma grande quantidade de
passageiros, nas diferentes zonas da cidade.

Ouvi vários passageiros e todos se mostraram impressionados com o acabamento do terminal do Parque Piauí, com sua moderna estrutura
arquitetônica, dotado de assentos e aparelhos sanitários, além de funcionários da Strans orientando os usuários do sistema. Quanto às
estações de passageiros, todos disseram que elas são desnecessárias. Bastariam pequenas coberturas nas margens das avenidas.

Dilma candidata

Matéria publicada no portal brasil247, dando conta de que a ex-presidente Dilma será testada nos estados do Piauí, Maranhão, Minas
Gerais e Tocantins,  para saber se ela disputará o Senado por um desses estados repercutiu no Facebook. O internauta José Domingos
garante que ela não passará no teste, em nenhum dos estados acima citados. Herbert Fonseca comenta: Perdido o Estado que aceitar a Dilma
como candidata. Jorge Machado considera o assunto uma brincadeira, pois a legislação exige que a pessoa tenha domicílio eleitoral um ano
antes da eleição.

Temer e a segurança

O presidente Michel Temer nunca fez qualquer pronunciamento sobre os
índices de violência no Brasil, mas agora planeja anunciar, após o
carnaval, a criação do Ministério Extraordinário da Segurança Pública.
Ele usará de medida provisória (MP). Uma das atribuições do ministério
será desenvolver ações de combate à criminalidade. A criação de uma
pasta da Segurança Pública foi proposta pelo ministro da Justiça,
Torquato Jardim.

Blocos de sujo


Os blocos de sujo de Teresina terão que prestar contas dos recursos
que receberam da Prefeitura de Teresina. Caso contrário, não
participarão do próximo carnaval. Segundo o presidente

da Fundação Municipal Monsenhor Chaves, Luis Carlos Martins Alves,
este ano a Fundação liberou R$ 150 mil para 45 blocos de sujos da
capital. Que justificativa um bloco de sujo tem para receber ajuda da
Prefeitura, se sua fantasia é molambo?

Escola ironiza Temer

O jornalista Florestan Fernandes Junior, figura de destaque no portal
brasil247, afirmou que nada é mais revelador da "escravidão do
jornalismo brasileiro" do que o silêncio no momento em que a última
ala da Paraíso do Tuiuti entrou na Sapucaí; "Ninguém no estúdio da
Globo se atreveu a narrar o que via. Uma cena patética e
constrangedora. Durante longos minutos. As imagens mostravam uma
platéia vibrando com o carro alegórico que trazia em destaque um Temer
Vampirizado".

Comércio de pássaros

Policiais militares encontraram o que não buscavam numa ocorrência por
“perturbação de sossego público”. Eles deram de cara com 31 pássaros e
41 gaiolas no povoado Barro Preto, em Luis Correia. Duas pessoas foram
conduzidas para a delegacia do município. Com elas foi encontrada uma
motocicleta roubada. Eles vão responder por crime ambiental e porte
ilegal de armas. Em Teresina o comércio de pássaros desafia as
autoridades. No mercado do Parque Piauí a feira dos pássaros é
movimentada.

Rapazes alegres

Enquanto as escolas de samba de Teresina deixaram de desfilar, por
falta de ajuda da Prefeitura, o bloco Rapazes alegres continua
desfilando há 34 anos. Segundo noticiou o portal G1, o bloco é formado
pelos mesmos integrantes, que agora levam seus filhos e netos para
brincar. É desse tipo de folião que o carnaval de Teresina precisa.
Não se sabe nem se eles recebem ajuda financeira.

Dia di rádio

Escreveu a jornalista Rosenira Alves, no facebook: “Hoje (13) é o dia
mundial do rádio, recordo meus tempos de radialista na TV Rádio Clube
Am, em Teresina, onde ingressei em 1983 como rádio escuta, chegando a
ser âncora do noticiário de meio dia da emissora, o Chamada Geral ao
lado do inesquecível amigo Francisco Augusto e mais tarde, na Rádio
Primeiro de Julho, na cidade de Água-Branca, há 80km da capital
piauiense, onde apresentava o programa Tarde Alegre, aos domingos e em
seguida, também aos domingos, na Rádio São José dos Altos, da querida
Elvira Raulino. Muitas e boas lembranças. Tambérm em Teresina passei
pela CBN Meio Norte. Tudo isso paralelo a imprensa escrita que sempre
falou mais alto. Aqui em São Luís tive uma breve passagem pela Rádio
Educadora, onde apresentei aos sábados, o programa Cidadania. Amo o
rádio e sou ouvinte assídua da AM!.

O humor de cada dia

 Havia numa cidadezinha um sujeito que era flamenguista fanático.
Diziam que, no mundo inteiro, não havia ninguém mais urubu que ele. O
homem envelheceu e ficou muito doente. Estava nas últimas. Somente
mais alguns dias de vida. Ele mandou chamar o filho mais velho e
falou-lhe:
— Filho, vá até São Januário para mim. Tire uma carteirinha de sócio
do Vasco para seu velho pai e compre uma camisa do time cruzmaltino.
O rapaz não entendeu nada, mas foi. Voltou para casa com a carteirinha
e a camisa. Quando o velho viu, deu aquele sorriso! Tirou a camisa do
Mengão, vestiu imediatamente a do Vasco e agarrou a carteirinha junto
ao peito.
O filho, achando que o pai estava pirando, não resistiu:
— Mas, pai, o senhor toda a vida torceu pelo Flamengo. Não conheci
outro torcedor tão rubro-negro como o senhor. Por que, agora, no fim
da vida, mudou de time?
E o pai:
— É que eu quero que morra mais um vascaíno!

Dê sua opinião: