5000onon

Política: as razões de cada lado

Resultado de imagem para Lula 
 Ex-presidente Lula (Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)

A nova bancada do governo na Assembleia reiniciou ontem (9) os debates que estavam suspensos desde a saída dos suplentes. O novo líder do governo, deputado Francisco Lima (PT) protestou contra a prisão do ex-presidente Lula, sendo rebatido em seguida por Robert Rios (DEM), que por sua vez foi contestado por Fábio Novo.

O novo líder citou as realizações do governo Lula, como os programas Minha Casa Minha Vida e Bolsa Família, além de proporcionar aos pobres e negros o ingresso na universidade. Para o deputado, o que está em jogo não é o triplex e nem o sítio em Atibaia, mas sim a democracia.

Ele disse que Lula não se entregou às 17 horas, para poder ouvir o sentimento do povo.

Em aparte, o deputado Fábio Novo (PT) se solidarizou com o orador, afirmando que a prisão de Lula atendeu ao desejo dos que queriam impedí-lo de disputar a eleição de 2018. Depois de concordar com tudo o que o orador disse sobre as realizações do governo Lula, Fábio Novo citou o exemplo de quatro concessões para aeroportos, todas para empresas brasileiras, no Governo Dilma Rousseff, enquanto o atual governo fez outras quatro, todas para estrangeiros.

O deputado Robert Rios disse em discurso na tribuna que a maioria da população apoiou a prisão de Lula e para todos eles o ex-presidente está preso porque no seu governo foi implementada uma organização criminosa que movimentou bilhões de reais, recursos que estavam nos paraísos fiscais e já estão no Brasil”. Rios lembrou que Lula não foi o primeiro petista preso.

Strans aguarda notificação

A Strans informou que não recebeu nenhuma notificação quanto ao procedimento instaurado pelo Ministério Público que investiga falhas no sistema Inthegra, como a duplicação de passagens ao usar o serviço.

Francisco Nogueira, diretor de Transportes Públicos da Strans, explicou que a empresa já tomou conhecimento da medida mas garantiu que o problema será apurado para uma rápida resposta. "Não queremos dizer que o MP não tenha encaminhado. Oficialmente o processo deve estar seguindo o seu trâmite e ao receber nós vamos apurar e vamos responder, como sempre fizemos" - salientou.

Regina Souza e a prisão de Lula

A senadora Regina Souza (PT) bateu forte nos brasileiros que festejam a prisão do ex-presidente Lula. Ela criticou até o jornal do Senado, que estaria sem divulgar os pontos mais importantes da questão. Regina Souza não poupou de crítica nem mesmo o empresário que foi espancado por petistas e machucou a cabeça em um caminhão que passava. Ela chegou a indagar sobre o que ele queria que acontecesse, se parou para provocar os manifestantes.

Aumento de 1% para policiais

Ao falar sobre as mensagens do Governo que estão sendo enviadas para a Assembleia e que mesmo incompletas estão sendo lidas, o deputado Robert Rios criticou o aumento de apenas 1% (um por cento) para a categoria dos policiais civis e militares. “O que o governador faz com as categorias dos policiais civis e militares, é um crime. É uma maneira de o governador demonstrar o desprezo que tem pelos policiais piauienses, civis e militares”, observou.

Fábio Novo na tribuna

O deputado Fábio Novo (PT) tinha preparado um discurso sobre sua gestão na Secretaria de Cultura, mas teve que usar a tribuna em resposta a pronunciamento do líder da oposição, Robert Rios. É provável que ele trate das questões culturais na próxima sessão. Como defensor do ex-presidente Lula ele se mostrou bem informado, dizendo que teve acesso ao processo que o condenou. Com facilidade para se expressar, Fábio Novo tem tudo para enfrentar o líder Robert Rios.

Vítimas de barragem

Como ironia do destino, foram lidos e votados na sessão plenária da ultima segunda-feira (09) dois requerimentos apresentados pelo deputado Marden Menezes (PSDB), ambos aprovados por unanimidade em plenário. O primeiro requer que o Governo do Estado e a Secretaria de Fazenda façam o pagamento das indenizações das vítimas do rompimento da Barragem de Algodões. As indenizações, que foram negociadas e homologadas na Justiça, começaram a ser pagas em maio de 2017, masestão em atraso desde dezembro do mesmo ano. A ironia disso tudo é que a cobrança é feita no exato momento em que outra barragem pode arrebentar, a do Bezerro, em José de Freitas.

Governadores perdem viagem

Governadores do Nordeste que foram a Curitiba para visitar o ex-presidente Lula na prisão perderam a viagem. É o que informa o poratlbrasil247: “Sergio Moro decidiu que o ex-presidente Lula poderá receber visitas apenas às quartas-feiras, com exceção dos seus advogados, enquanto estiver preso na Polícia Federal em Curitiba; “Além do recolhimento em Sala do Estado Maior, foi autorizado pelo juiz a disponibilização de um aparelho de televisão para o condenado”, disse Moro, que também não autorizou a visita que seria feita por governadores do Nordeste nesta terça-feira (10) ao ex-presidente; nada menos que dez governadores estão em Curitiba e não poderão visitar Lula”

O humor de cada dia

Um grupo de fãs do cantor Raul Seixas realizou um encontro no dia do décimo aniversário de seu falecimento, quando vários deles fizeram pronunciamentos. A tônica de cada fala era sempre a mesma:”ele morreu tão jovem, no auge de sua carreira, quando podia ter vivido mais”. Foi aí que um bêbado que a tudo assistia em silêncio, pediu a palavra. De posse do microfone ele bradou: “Oh caras, esse artista nasceu há dez mil anos atrás e você ainda não queriam que ele morresse”?

Dê sua opinião: