5000onon

O que dizem os candidatos por onde andam

O  portal G1 acompanhou alguns candidatos a presidente pelo país, selecionando frases de cada um sobre temas diversos. Eis aí um trabalho que precisa ser imitado no Piauí, onde os candidatos percorrem todo o Estado e não se sabe o que eles prometem. Transcrevo aqui o que o G1 publicou ontem (30), começando por Ciro Gomes, que falou em Campinas – SP.

"Isso [aumento para juízes federais e servidores públicos da União] é uma vergonha. Francamente, falta compostura na elite brasileira. Não é que o salário seja grande. Eu acho que juiz tem que receber salários decentes, os maiores possíveis e, acho, francamente, uma 'impostura' ficar falando mal de salário. Eu estou falando agora é da ocasião." Percebe-se aí que o candidato não disse nada com coisa alguma. Vamos agora ao que disse Bolsonaro em Porto Alegre.

"O que a classe produtora, não interessa se é do campo, da cidade, eles querem que o Estado saia do seu cangote. Eles querem que o Estado não atrapalhe. Então a redução do número de impostos. Não da forma ideal, porque você não consegue aprovar no Congresso. A minha experiência mostra isso, a reforma ideal não passa. Mas um primeiro grande passo será dado por essa equipe econômica." Percebe-se que Bolsonaro também não disse praticamente nada. Vejamos agora o que disse Alckmin, no Rio de Janeiro.

"Nossa meta é emprego, emprego, emprego e mais empresas para a Baixada [Fluminense], para que a economia possa crescer. A Baixada é uma região muito grande, maior que o Uruguai, e estrategicamente localizada. Quando a economia volta a crescer aumentam as oportunidades de trabalho e renda. Quero fazer a diferença, quero ser o presidente da Baixada." Percebe-se aí o tom demagógico do candidato. Vejamos o que disse Marina Silva, em Brasília.

“Desmatamento legal zero é trabalhar para que aqueles que podem desmatar, que não desmatem, porque podem aumentar a produção por ganho de produtividade.” Ela falou numa sabatina da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). O extrato foi pequeno e não trouxe grande novidade. E vejam que o portal G1 se refere aos candidatos tidos como mais expressivos. Aguardemos outras divulgações.

Multa elevada

Publicou o portal brasil247: “a juíza Carolina Lebbos, que responde pela execução penal da sentença de Lula, decidiu cobrar nada menos que R$ 31 milhões do ex-presidente, a título de multa e indenização decorrente do processo do triplex – um imóvel que nunca foi dele; Lebbos é a mesma que ontem proibiu a senadora Gleisi Hoffmann de advogar para Lula – o que nem a ditadura militar ousou fazer; dias atrás, o ministro Gilmar Mendes, do STF, reconheceu que o Poder Judiciário, com esta perseguição insana, criou um mártir: Lula”

Troco em demissões

O deputado  Fábio Xavier acaba de perder nove cargos ocupados por pessoas de sua indicação na Prefeitura de Regeneração. Foi o resultado de contundente pronunciamento feito por ele contra um irmão do prefeito Hermes Teixeira (Dr. Hermes). Segundo noticiou o portal G1, entre os afastados está a esposa do deputado, Glaucia Xavier. A notícia do G1 diz que o desentendimento entre o deputado e o prefeito teria sido conseqüência da sida deste último da campanha do governador Wellington Dias para apoiar o candidato Luciano Nunes. Mas não foi isso que  Fábio Xavier disse na tribuna da Assembleia. Ele denunciou corrupção na Prefeitura.

Saudade das coroas

Quem  olhar para o leito do rio Parnaíba, ao lado do Troca – troca, indagará a si próprio: como pode alguém freqüentar barracas instaladas sobre bancos de areia cheios de mato? Mas o fato é que as mesas e cadeiras estão lá, indicando que nas manhãs de sábado e domingo aparecem clientes. No passado as coroas serviam para práticas esportivas e as águas eram convidativas para o banho. Atualmente não existem atrativos. As pessoas devem freqüentá-las para matar saudades, sem imaginar que poderão ser esporadas por escorpiões.

Marina Silva na Globo

A candidata a presidente Marina Silva deu uma aula de educação  e tolerância durante entrevista no Jornal Nacional da TV Globo. Ela respondeu a todas as provocações do apresentador William Bonner, com equilíbrio e coerência. Não desmentiu nenhuma das afirmações do apresentador sobre suas possíveis incoerências. Apenas mostrou que em tudo estava certa. Marina Silva deixou bem claro que não repetiria tudo o que fez em sua carreira política, mas não demonstrou nenhum arrependimento.

Lula na propaganda

Como já era de se esperar, o ex-presidente Lula apareceu na propaganda eleitoral do PT em São Paulo, com citação do seu nome, com fotografia e até com a própria voz. Resta saber se isso será objeto de questionamento por parte de outras siglas. Enquanto isso, um candidata em cadeira de rodas justificava sua entrada na vida pública com ações em favor dos portadores de deficiência. Nem todas as mensagens políticas são sinceras, mas tem aquelas sobre as quais não pesa nenhuma dúvida

A favor do assalto

Rolando no facebook um velho e conhecido vídeo em que Marcia Tiburi (PT), candidata ao governo do Rio de Janeiro, afirma ser a favor do assalto. Ela diz que o assalto tem lógica  e cita os casos em que a pessoa não tem as coisas que precisa ou que foi contaminada pelo capitalismo.  Assim mesmo tem gente que estranha as posições de Jair Bolsonaro. Seria interessante colocar os dois em horário nobre de TV para debater o tema. É uma pena que ela não seja candidata a presidente ou ele ao governo do Rio.

O humor de cada dia

Um homem vai parar no hospital depois de uma queda e passa por uma longa e complicada cirurgia. Por causa da complexidade do caso, ele foi operado em um hospital de primeira linha, e com anestesia geral.

Algumas horas depois da operação, ele acorda e lentamente volta a consciência, até que vê o cirurgião dentista se aproximar. Ele senta na cadeira ao lado e diz:

— Tenho boas e más notícias a respeito da sua cirurgia. Não fique nervoso, mas a boa notícia é que consegui salvar todos os seus dentes!

O paciente fica todo feliz, ainda um pouco atordoado e zonzo por causa da anestesia, e responde:

— Mas que maravilha, doutor! Isso é uma ótima notícia. Ter meus dentes salvos era tudo que eu queria, por isso nem consigo imaginar qual seria a má notícia. Diga-me, qual é?

O dentista levanta, tira um vidrinho do bolso e diz:

— Tome! Aqui estão eles!

Dê sua opinião: