5000onon

Morte de Emilly continua repercutindo nacionalmente

Continua repercutindo nacionalmente o assassinato da menina Emilly  Caetano, de 9 anos. A família da criança é procurada para depor no Inquérito Policial Militar sobre a abordagem realizada pelos policiais
militares. O cabo Francisco Venício e o soldado Aldo Dornel não prestaram depoimento no inquérito realizado pela Polícia Civil, informou o portal G1, que tem dado amplo destaque ao episódio.

Ainda de acordo com o G1, o advogado da família esteve na última quarta-feira (10) na Delegacia de Homicídios, para denunciar a presença diária de policiais militares na casa da família de Emilly,
para intimar os pais a comparecerem  à Corregedoria da polícia para depor sobre o caso. "Como se não bastasse a tormenta e a tortura psicológica que toda a família passou, continua diariamente recebendo
em sua porta, mesmo com a negativa, pessoas fardadas insistindo em falar com familiares", disse Andréa Magalhães, presidente do Sindicato dos Delegados do Piauí.

O mais curioso é que já foi amplamente noticiado que a portaria da Polícia Militar que autorizava a investigação pela Corporação foi anulada. Como poderia, a essa altura dos acontecimentos, os dois
inquéritos tramitarem paralelamente, conforme divulgou o portal G1, citando como fonte a Relações públicas da Polícia Militar? Diz textualmente o portal G1 sobre os depoimentos:

Mutirões da catarata

Para tratar sobre os mutirões de cirurgias de catarata, o secretária de Estado da Saúde, Florentino Neto e o deputado federal Assis Carvalho se reuniram na última quarta-feira (10). As cirurgias serão
realizadas com emendas do parlamentar, que destinou mais de R$ 5,5 milhões de recursos. Segundo informou o secretário, a previsão é que, ainda neste primeiro trimestre do ano, os hospitais iniciem o
calendário de realização dos procedimentos. A meta é que mais de 7 mil pessoas sejam beneficiadas.

Prefeito justifica reajuste

O prefeito Firmino Filho justificou o reajuste na passagem de ônibus estudantil, lembrando que graças ao mesmo o subsídio que bancava a o congelamento deve cair pela metade, desonerando as contas públicas em tempos de crise. Sem o reajuste, o dinheiro que poderia ir para investimentos seria retirado dos cofres da PMT para bancar mais um ano de congelamento. Sobre o protesto que resultou em depredação da sede do PSDB, Firmino afirmou que tudo tem limite e que não faz sentido transformar uma manifestação em quebra-quebra

Teresina e as chuvas

A cidade de Teresina ainda não sofreu alagamentos neste inverno . As chuvas têm sido finas, alagando apenas pequenos trechos de ruas que não possuem escoamento. Já o interior tem sofrido pancadas fortes de chuva, como aconteceu em Floriano e, mais recentemente, em Esperantina, que ficou alagada na última quarta-feira. O portal 180graus publicou um vídeo em que aparece um popular nadando na
correnteza, apesar do perigo.  Em Campo Maior, a chuva de quarta-feira foi precedida de granizo, assustando os moradores.

Chão de fábrica

Sob o título acima, escreveu o jornalista Efrém Ribeiro, no facebook: “Muito gentil, a vereadora de Teresina Cida Santiago, do PHS, disse que estava escolhendo meu nome para receber a Comenda Mérito
Jornalístico, que a Câmara dos Vereadores oferece aos jornalistas. Agradeci, de coração, a vereadora Cida Santiago, mas falei que não poderia receber a comenda por não ter nenhum mérito, que sou
jornalista-peão, jornalista de chão de fábrica. Para mim, basta escrever minhas reportagens, que é a única coisa que eu peço da vida”.

Crítico da justiça

O presidente Michel Temer justificou a não aceitação de Pedro Fernandes (PTB -MA) para o Ministério do Trabalho, devido à ligação do mesmo com o governador Flávio Dino, que, segundo ele, mantém o retrato
da ex-presidente Dilma na parede. Eis o crime. Contudo, o presidente critica a Justiça por ter barrado a posse de Cristiane Brasil, que sofreu condenações por descumprimento da Lei Trabalhista. Temer
indagou: “como um juiz de primeira instância derruba uma decisão privativa do presidente da República”? Para o presidente, as condenações de Cristiane em questões trabalhistas não justificam que
ela não tome posse.

Dica contra assaltos

Fazendo sucesso no WhatsApp, uma dica para as pessoas que gostam de ficar na calçada de casa evitarem assaltos. “leve uma panela e um garfo pro portão e ponha o celular dentro. Quando ouvir barulho demoto, finja que está comendo''. O autor da “receita” precisa entenderque os bandidos já fizeram a devida leitura e a partir de agora levarão o celular e a panela. Ficar com uma espingarda 28 atravessada
na perna não seria mais eficaz? Perdão. Eu não me lembrei que existe o Estatuto do Desarmamento.

O analfabeto

Enquanto tivemos o ex-presidente Lula por duas vezes no comando do país, no município de Jatobá a Justiça Eleitoral afastou do cargo o vereador Agenor Gomes de França (PV), por ele ser analfabeto.
Significa que a mesma Justiça não percebeu isso quando do registro da candidatura. Por fatos menos cômicos o Piauí já sofreu deboche nacional. Para completar, o suplente que assumiu a cadeira de Agenor,
Otoniel Luciano, fez questão de dizer que é formado e contrário ao analfabetismo. Ainda bem que faltou luz na hora da posse.

O humor de cada dia

O cara comprou uma espingarda, com a garantia do vendedor
de que a mesma juntava o chumbo de forma espetacular. No dia em que
foi à primeira espera, o caçador atirou em um veado, que correu
baleado, mas que foi perseguido e morto. Ao examinar o corpo da caça,
o caçador percebeu que o chumbo fez duas perfurações, uma no ouvido e
outra no pé. Depois de uma semana ele voltou ao vendedor da
espingarda, levando o couro do veado.

- Está aqui o couro do veado que eu tive que matar a cacetadas, porque
a espingarda espalhou demais o chumbo. Veja aí, um buraco no pé e
outro no ouvido.

- Você não prestou atenção, mas eu aposto como na hora que você atirou
esse veado estava coçando o ouvido com o pé, pois minhas espingardas
não espalham o chumbo.

Dê sua opinião: