5000onon

Marina aposta na polarização Lula / Bolsonaro

A ex-senadora Marina Silva surpreendeu a esquerda com a afirmação de que o ex-presidente Lula não sobrevive sem a candidatura Jair Bolsonaro. O portal de esquerda brasil247 colocou em manchete que a
senadora “pirou” de vez com sua afirmação.

A afirmação de Marina teria sido feita à revista Veja que vai circular no próximo domingo. Diz ela, com convicção: "Um se tornou o cabo eleitoral do outro. Um não sobrevive sem o outro. Em apoio a quebra da
polarização, Marina afirma que Lula e Bolsonaro são os dois extremos, de esquerda e direita.

A ex-senadora afirmou que ainda está pensando sobre a possibilidade de se candidatar ao Planalto pela Rede e vê o cenário de 2018 mais difícil do que 2014 e 2010; ela aparece em terceiro lugar nas
pesquisas, com cerca de 14% das intenções de voto.

O raciocínio de Marina Silva pode estar correto, devido à falta de nomes que possam tirar votos de Lula e Bolsonaro. O ex-presidente corre mais risco de perdas, desde que surja um pretendente com lastro na esquerda. Bolsonaro já começou abrandar o discurso, para que consiga votos de centro.

Evaldo faz reivindicações

O deputado Evaldo Gomes (PTC) apresentou ontem (27) quatro requerimentos pedindo melhorias para a praia da Pedra do Sal, em Parnaíba. Ao secretário das Cidades, Fábio Xavier, ele pede a
construção de um cais em frente à escola municipal e o posto de saúde. Ao secretário de Segurança ele pede a reativação do posto policial da Pedra do Sal. Ao governador Wellington Dias o deputado pede que o mesmo incentive junto às secretarias do Turismo e da Cultura a realização do reveillon da Pedra do Sal

Moro é alvo de ataques

Após ter afirmado que sua maior frustração na condução dos processos da Operação Lava Jato em primeira instância é que a classe política não se mobilizou para combater a corrupção, mesmo após a descoberta de um quadro sistêmico de pagamento de propina e desvio de dinheiro público entranhado nas instituições brasileiras, o Juiz Sérgio Moro sofreu ataques os mais diversos. O jornalista Paulo Pimenta disse que ele é criminoso e réu confesso. O deputado federal Wadih Damous (PT) disse que as declarações do juiz são patéticas. O senador Renan Calheiros disse que a atuação do juiz tem motivação política.

A autocrítica de Huck

O apresentador de TV Luciano Huck disse ontem (27), que não desistiu da candidatura a presidente porque nunca chegou a ser candidato de fato e afirmou que seria uma “insanidade” promover uma “ruptura tão grande” na sua carreira como apresentador e com sua família. É preciso saber se ele vai se manter neutro durante a campanha ou se vai querer dar uma de dono da verdade. A divulgação que Huck vem recebendo é maior que a de pré-candidato.

Estacionamento para idosos

Escreveu Edson Melo, no facebook: “Hoje recebi na STRANS meu cartão de vaga especial (idoso maior de 60 anos) e fui inaugurar no estacionamento do Shopping Rio Poty! Decepção total, pois quando
procurei estacionar no estacionamento do L4 da praça de alimentação me deparei com todas as vagas de idosos ocupadas com veículos sem autorização para tal! Parei nas vagas normais para todos! Fiquei
frustrado! Espero que a STRANS volte a fiscalizar com o rigor da multa pois do contrário não vale a pena se regularizar e cumprir a Lei”!

Assembleia sem Robert

A primeira sessão da Assembleia sem o deputado Robert Rios, ontem (27) (ele viajou a São Paulo) foi super calma. Ninguém fez uso da palavra no tempo de dois minutos e os inscritos para o Grande Expediente, Cícero Magalhães e Fernando Monteiro não compareceram. Mas a bancada do governo não perde por esperar: Os deputados Gustavo Neiva e Rubem Martins prometem “segurar a peteca”. Assunto é o que não falta, como as privatizações e prestação de contas do governo sobre os empréstimos.

Libidinoso

Não pode ser normal o homem que se masturba dentro de um transporte coletivo. Mas não será fácil a lotação assistir a cena sem uma reação. O quase linchamento de um indivíduo identificado como Fernando, que além de praticar roubos estava se masturbando dentro de um ônibus no centro der Teresina, deve servir de exemplo para o próximo que vier a praticar o mesmo ato. Vai ver que esse elemento foi influenciado pela divulgação de casos semelhantes no sul do país. Ainda bem que foi preso.

Jumento na pista

Um pernambucano colocou nas redes sociais sua ideia para evitar acidentes com jumentos nas estradas do país, especialmente no Nordeste. Ele sugere a colocação de uma faixa refletiva no pescoço do
animal. O deputado Rubem Martins gostou da ideia, mas acha que a faixa teria curta duração. Talvez fosse melhor uma pintura no corpo do animal. A verdade é que multa não adianta, pois o jumento não tem mais dono. Enquanto não se adota a sugestão do pernambucano ou do deputado piauiense, os condutores não podem esquecer de que o jumento é nosso irmão, segundo a canção de Luís Gonzaga.


O humor de cada dia


Matuto pega um táxi e fica observando todos os movimentos do condutor, como se estivesse com medo de acidente. O carro estava sem o pisca-pisca e toda vez que o motorista ia dobrar uma esquina Dava o
sinal com o braço. Lá pela quinta vez o matuto se manifestou: o senhor pode dirigir com as duas mãos, pois quando estiver chovendo eu lhe aviso.

Dê sua opinião: