5000onon

Lula registra candidatura e tem depoimento adiado por Moro

Nenhum veículo de comunicação no Brasil deu o título correto para a notícia sobre o registro da candidatura do ex-presidente Lula à presidência da República. Por ter sido feito com acompanhamento de
4000 manifestantes e forte barulho de carros de som, o título ideal seria este: “Sob pressão, TSE registra candidatura de Lula”.

De todos os textos publicados ontem (15), apenas o do site da Veja é esclarecedor, quando diz no lead: “O ex-presidente  Luis Inácio Lula da Silva, preso pela Operação Lava Jato por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo envolvendo um triplex no Guarujá, registrou oficialmente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a sua candidatura a um terceiro mandato como presidente da república – ele
foi eleito pela primeira vez em 2003 e reeleito em 2006”.

Curiosamente, no mesmo dia em que Lula registrou sua candidatura o juiz Sérgio Moro anunciou o adiamento do depoimento do ex-presidente no processo sobre o sítio de Atibaia para após a eleição. A decisão do juiz teria sido para evitar exploração eleitoral. Tudo o que Moro fez contra Lula foi motivo de críticas do PT, mas esta agora é digna de elogios. Vamos aguardar.

Enquanto o ex-presidente escapou do vexame, o candidato Geraldo Alckmin  prestou depoimento na tarde de ontem (15) no Ministério Público Estadual para o inquérito no qual ele é investigado por suspeita de caixa dois nas campanhas eleitorais de 2010 e 2014. O caso está na Justiça Eleitoral do Estado.

Aniversário esquecido

Nenhum deputado fez qualquer manifestação sobre o aniversário de Teresina, embora estejamos em época de campanha e seja a capital o maior reduto eleitoral do Estado. De qualquer forma, ainda temos o
restante do mês para os quiserem prestar sua homenagem. Quem ganhou destaque foi a OAB, em sessão solene pelo dia do advogado, requerida pelo deputado Dr. Pessoa.

Lula quer ir a debates

Publicou o portal brasil247: “Poucas horas depois de registrada a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como candidato à presidência da República, a defesa do petista protocolou uma ação na
qual pede que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) conceda uma liminar que permita que Lula faça parte do debate entre presidenciáveis da RedeTV!, que acontece nesta sexta-feira”. Obs: o PT segue à risca
aquele conselho que diz: insista, persista e não desista.

As reticências de Temer

Ciente de que seu apoio ao candidato Geraldo Alckmin pode prejudicá-lo, o presidente Temer usou meias palavras em entrevista  à Folha de São Paulo. Em vez de dizer que apóia  ele disse “parece”.
Disse também o que o candidato mais evitou no debate  da Band: os partidos da base governista estarão no governo se Alckmin ganhar e que a maioria dessa base não apóia o candidato do MDB,Henrique Meireles. A entrevist a de Temer foi longa, o suficiente para prejudicar o candidato que ele apoiar.

Propaganda eleitoral

Começou a propaganda eleitoral, com regras claras e rígidas na internet é permitida, desde que não seja paga. Os diretórios partidários deverão instalar nas sedes serviços telefônicos para atender aos eleitores.Os partidos e as coligações só poderão utilizar alto-falantes ou amplificadores de som nas suas sedes ou em veículos, das 8h às 22 horas. O horário para o uso de aparelhagem de sonorização
fixa é mais flexível das 8h à meia-noite, podendo ser prorrogado por mais duas horas quando se tratar de comício de encerramento de campanha.

Adesões a Luciano

O candidato ao Governo do estado pelo PSDB, Luciano Nunes, declarou que tem recebido adesões de  membros da base governista no interior do Estado. Ele não citou nomes de pessoas e nem de siglas. Contudo, apareceu ao lado  de pessoas como o ex-prefeito de Inhuma, Alilo Leal, do delegado e vereador de Inhuma, Luis Alberto; do vice-prefeito Valderson Dantas e dos vereadores Cleber de Sousa e Valentim Neto e ainda do líder político Pedro Luis, de Itainópolis, cujos partidos não foram revelados.

Recursos contra Lula

Paulo Soares Oliveira Publicou no facebook: “Logo após o registro da candidatura à Presidência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ser protocolada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), dois
pedidos de impugnação já foram apresentados: um de Kim Kataguiri, um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL) e candidato a deputado federal pelo DEM, e outro do ator Alexandre Frota, candidato do PSL a deputado federal. Como Lula e o PT se alimentam do antagonismo, os dois recursos vão render votos para o ex-presidente.

Impugnação rápida

No mesmo dia em que o TSE registrou a candidatura do ex-presidente Lula (quarta-feira 15), a procuradora geral da República, Raquel Dodge, apresentou a  impugnação. O questionamento será analisado pelo ministro Luis Roberto Barroso, vice-presidente do TSE e relator do pedido de registro. Em nota, os advogados de Lula afirmaram que vão "enfrentar com fundamento na lei os pedidos de impugnação do registro
de sua candidatura presidencial, tanto os já apresentados como os que venham a ser apresentados".

O humor de cada dia

Muitas piadas já foram contadas sobre cearenses, baseadas nos longos anos de seca que eles enfrentaram. Uma delas é sobre um que entrou na barbearia, cortou o cabelo e fez a barba, tendo respondido ao convite da manicure para fazer as unhas com esta indagação: “e o que é que eu vou comer”? Tem aquela do cearense que se sentou ao lado de uma moça desconhecida na praça e ficou o tempo todo olhando párea o céu, quando ela perguntou: “o senhor é astrólogo”?

- Não senhora. Eu sou cearense.

Dê sua opinião: