5000onon

Lula e os intelectuais de esquerda

Resultado de imagem para Lula 
 Ex - presidente Lula (Foto: Reprodução)

Um dia antes do julgamento de Lula pelo TRF-4 a mídia alinhada com o PT deu destaque a declarações de líderes de classe e intelectuais, como quem apostasse na vitória do ex-presidente. Vejamos o que disse o líder do MST, João Pedro Stedile: "Não é Lula quem está no banco dos réus, e sim o Judiciário". Ele disse ainda que já está definido que Lula será candidato.

A ex-presidente  Dilma afirmou que as discussões sobre um possível plano B do PT à candidatura do ex-presidente Lula equivale aos pedidos de renúncia feitos contra ela; "Essa discussão sobre o plano B é igual a discussão sobre 'renuncie, presidente'. Pediam, 'renuncie, presidente, é um gesto de grandeza'. Gesto de grandeza nada. É a tentativa de mascarar o golpe.

Leonardo Boff disse o seguinte: O fato é que não foi identificado nenhum crime de Lula, muito menos contas em offshores. O que ficou claro como a luz do Sol é a vontade condenatória do juiz Sérgio Moro e
daqueles em nome dos quais está atuando: as classes endinheiradas, o PSDB e parte significativa do PMDB com Temer à frente As três opiniões acima foram publicadas no portal brasil247, que faz campanhas abertas em favor de Lula.

O Brasil visto de fora

Por mais acreditado que seja o veículo, não dá para se aceitar que um jornal estrangeiro torça tão apaixonadamente por um partido fora de seu país. Artigo publicado nesta terça-feira (23) no New York Times,
assinado por Mark Weisbrot, aponta que, ao agir de forma partidária, o juiz Sergio Moro colocou a democracia brasileira à beira do abismo. Ele afirma ainda que Lula foi condenado a nove anos e meio de prisão
por evidêcias que jamais seriam levadas a sério num sistema judicial independente, como o dos Estados Unidos. Quem garante que nos Estados Unidos Lula não estaria preso?

O MDB e o governo

O deputado Marcelo Castro, presidente do MDB, afirmou em declarações ao portal GP1 que o apoio do partido à candidatura do governador Wellington Dias não se dá por interesse. Resta saber se o ex-deputado João Henrique Souza concorda com tal declaração. O interesse, no caso, seria de permanecer no governo, diferentemente daquele que está fora e luta para entrar? O que se questiona é o fato de o MDB não ter ambição pela cabeça de chapa, quando podia perfeitamente fazer acordos com outras siglas e partir para a conquista do poder.


Explicações sobre algemas


Escreveu Paulo Soares Oliveira, no facebook: “O policial federal Jorge Chastalo Filho, chefe da escolta que conduziu Sérgio Cabral (MDB) na semana passada ao Instituto Médico Legal de Curitiba e ao Complexo
Médico-Penal de Pinhais, informou à Polícia Federal que o uso de algemas no ex-governador do Rio foi 'necessário e coerente'. As informações do policial foram dadas ao juiz federal Sérgio Moro, que
havia cobrado explicações nesta segunda-feira, 22”.

O exagero de Marun

O ministro da articulação política do governo Temer, Carlos Marun, apelou para o que ele chama de “volta do bom senso aos juízes”. Marun admite que “há risco à governabilidade” se o Judiciário mantiver o
impedimento de posse da deputada Cristiane Brasil, nomeada há 20 dias para o cargo de ministra do Trabalho. Marun afirma que o governo “não pode aceitar que um juiz de primeira instância impeça a posse de um ministro de Estado”. A decisão agora está no Supremo. Dois ministros da Corte apostam que o plenário será favorável a Cristiane.

O PT em Timon

A vizinha cidade de Timon não preparou nenhuma manifestação em favor do ex-presidente Lula. A grande manifestação, no entanto, está preparada para o Zé Pereira do carnaval neste final de semana. Segundo
informou o jornalista Nilson Sá, o PT não tem um só vereador na Câmara e vive brigando entre si. Uma parte é ligada ao Sarney e outra ao governador Flávio Dino. Mas, mesmo assim, o ex-secretário de esportes, Márcio Jardim, pretende disputar uma cadeira no Senado, tomando a vaga de Lobão ou de João Alberto. Jardim acompanha Lula nas suas mais importantes viagens.

Timon na integração

A cidade de Timon fará parte da integração dos transportes coletivos de Teresina, honrando um acordo já existente entre as duas Prefeituras. A vizinha cidade utiliza ônibus em melhores condições que
os de Teresina, ao que se sabe, com maior número de veículos com ar refrigerado. No Mês de setembro Timon fará licitação para modernizar ainda mais a sua frota. Vale destacar que ainda funciona o sistema de barcos para as pessoas que trabalham próximas ao rio Parnaíba, no centro da cidade.

Obra mal planejada


Percebe-se claramente a falta de planejamento nas obras da integração de ônibus em Teresina. A Prefeitura sinalizou o asfalto na quase totalidade dos trechos das Avenidas Frei Serafim onde foram construídas as novas estações de passageiros, mas de repente teve que cortar a pavimentação, para colocar encanações de água. A reposição asfáltica está sendo feita de forma grosseira, tirando o brilho das faixas de sinalização.

O humor de cada dia

Um aparelho de detectar ladrões foi inventado nos Estados Unidos. Os
inventores logo disseram:

- Vamos colocar em Nova Iorque para testar.

Eles colocaram. Em uma hora ele detectou 30 ladrões.

- Funcionou! Vamos colocar na Inglaterra.

Eles colocaram. Em meia hora detectou 50 ladrões.

- Esse aparelho é muito bom! Vamos usar muito!

Usaram mais 3 vezes: na França, na Suécia e na Suíça. Foram 205
ladrões, em apenas 20 minutos.

Então disseram:

- Nossa! Um país que precisamos mesmo colocar é no Brasil.

Então vieram pra cá e colocaram...

Em cinco minutos, roubaram o aparelho.

Dê sua opinião: