5000onon

Literatura de cordel agora é patrimônio cultural do Brasil

Finalmente um reconhecimento importante sobre a literatura de cordel, que foi transformada em patrimônio Cultural do Brasil na manhã da última quarta-feira (19). Em reunião no Forte de Copacabana, no Rio de Janeiro, o Conselho Consultivo do Patrimônio Cultura - órgão colegiado
de decisão máxima do Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) - aprovou por unanimidade o tombamento. O Iphan, por sua vez, é vinculado ao MinC (Ministério da Cultura). Estiveram presentes o ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, a presidente do Iphan, Kátia Bogéa, e o presidente da ABLC (Academia Brasileira de Literatura de Cordel), Gonçalo Ferreira da Silva, que foi o proponente do pedido de registro.

A literatura de cordel, também conhecida como folheto, aqui no Brasil é um tipo de poesia popular que é impressa e divulgada em folhetos. Suas imagens são feitas através da xilogravura. Este é um gênero literário popular, que existe em outros países além do Brasil. O nome literatura de cordel tem origem na forma como esses folhetos são vendidos, eles normalmente são pendurados em barbantes, cordas ou cordéis. Por isso o nome Literatura de Cordel. Estes folhetos eram vendidos em bancas, nas feiras e nos mercados.

Teresina dá uma importância muito grande ao Cordel, com a realização, há 45 anos, do Festival de Violeiros, sempre no aniversário da cidade. Falta apenas um engajamento maior dos órgãos culturais e das escolas.
A transformação do cordel em patrimônio cultural do brasil certamente terá impacto positivo, abrindo a mente de pessoas e organizações que poderiam ter feito mais por ela.

Roda de poesia

Nesta sexta-feira (21) a Praça Pedro II terá mais uma edição do projeto Tensão, Tesão & Criação – Roda de Poesia chamando a atenção para a importância da campanha Setembro Amarelo, de combate e prevenção ao suicídio. O projeto acontece uma vez ao mês, com programação gratuita e diversa. Trabalha a expansão e expressão da poesia contemporânea brasileira feita no Piauí, como
 forma de valorização e revitalização do Centro Histórico de Pesquisa para todos os gostos.

W. Dias e as pesquisas

A terceira pesquisa Data AZ realizada após a homologação das candidaturas a governador indica a liderança de Wellington Dias (PT) sobre seus adversários com 41,84% das intenções de voto em sondagem estimulada para governador. Ele soma mais que os adversários juntos, que chegam a 37,92%. O segundo colocado, Dr. Pessoa, cresceu de 16,16% para 19,04%. Foi o que publicou o portalaz, contratante da pesquisa.
Vamos aguardar o que dirá o candidato a senador Robert Rios, que na sessão de quarta-feira (19) não poupou de críticas nenhum instituto.

Dupla azarada

Uma dupla de assaltantes acabou pagando pelo que apenas pretendia fazer. Foi na cidade de Parnaíba. Gabriel Prado e Maria Roseane tentaram praticar um assalto na frente de uma residência, mas as pessoas entraram rapidamente e eles decidiram fugir numa moto. Lá na frente a moto derrapou e os dois se machucaram. No hospital foram identificados, e como os ferimentos foram leves eles foram levados para a delegacia. São coincidências desse tipo que podem levar bandidos a uma reflexão. Na delegacia, tudo vai depender dos antecedentes da dupla, mas é mais provável que ela seja liberada.

Pássaros e gaiolas

Uma ação da Secretaria do Meio Ambiente, em parceria com o IBAMA apreendeu vários pássaros que eram criados em situação irregular no município de José de Freitas. As aves doentes serão encaminhadas ao Zoológico de Teresina e depois serão soltas na natureza. Em Teresina acontece a mesma coisa nas proximidades do Mercado Central, onde a prova maior do crime ambiental é a quantidade de gaiolas à venda. Se é proibido criar pássaros em cativeiro devia ser proibida também a comercialização de gaiolas.

Os riscos de incêndios


Um incêndio que atingiu o terreno ao redor da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), no início da noite da última quarta-feira (19) deve servir de alerta neste período em que a temperatura de Teresina chega a 40 graus. A ameaça também chegou a áreas de outros dois órgãos, a Secretaria de Desenvolvimento Rural e a Emater. A preservação ambiental protege os matagais mas não evita que eles fiquem secos, sujeitos a incêndios provocados até por ponas de cigarro.

Assalto em ônibus

Mais um assalto dentro de ônibus em Teresina, com um passageiro atingido de raspão na perna. O fato se deu na noite da última quarta-feira (19), num coletivo que fazia linha Santa Maria via Centenário, na zona norte. Alguns passageiros passaram mal. Outro dia eu lembrei aqui a necessidade de as autoridades municipais se preocuparem mais com esse problema do que com as pessoas pobres que são proibidas de vender picolés nos terminais de ônibus.

O humor de cada dia

Existe uma explicação cômica para o apelido que a cidade de Amarante ganhou, de “terra do papagaio”. O apelido pegou tanto que em vários estabelecimentos comerciais existe um desenho do pássaro falante.

Dizem que um canoeiro atravessava o rio no exato momento em que um papagaio seguia a correnteza sobre um talo de buriti e que ao chegar na margem do rio perguntou ao canoeiro:

- Onde é mesmo que eu estou?

- Você está na cidade de Amarante.

- Pois pode me deixar seguir viagem água abaixo.

Dê sua opinião: